Strada X Montana

Fiat Strada Working x Chevrolet Montana LS

Comparativo virtual coloca frente a frente as representantes seminovas do segmento de picapes compactas


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Fiat Strada Working x Chevrolet Montana LS
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Montana viveu uma boa vida como representante do segmento de picapes compactas. Embora não ameace faz tempo a Fiat Strada, com quem duela neste comparativo virtual, a Chevrolet Montana ainda tem lá seus emplacamentos. Em junho, por exemplo, teve 237 unidades comercializadas. Longe, muito longe das 9.697 da rival.

Não à toa, o veterano modelo da Chevrolet deixa o ringue este ano. O fabricante, contudo, aproveitará o nome Montana na futura picape que produzirá em São Caetano do Sul (SP). O veículo, porém, será um médio-compacto para brigar com a Fiat Toro. Ou seja: maior que o carro atual. A novidade, importante frisar, terá a mesma arquitetura do Chevrolet Tracker.

Mas voltemos aos “tempos” de Montana compacta. No nosso comparativo virtual, pegamos a versão LS do modelo, 2020, para bater de frente com a Fiat Strada Hard Working de mesmo ano. A primeira é vendida por R$ 56.070, enquanto a segunda é anunciada na Webmotors por R$ 57.900.

Dimensões

Tanto Montana quanto Strada são típicas representantes do segmento de picapes compactas. Por isso, têm dimensões não tão generosas, mas trabalham bem a otimização do espaço. O modelo da General Motors mede 4,5 m de comprimento, 1,7 m de altura, 1,57 m de largura e tem entre-eixos de 2,66 m. Sua capacidade de carga útil é de 756 kg.

A Fiat Strada, por sua vez, tem as seguintes medidas: 4,43 m de comprimento, 1,59 m de altura, 1,66 m de largura e 2,71 m de entre-eixos. Sua capacidade de carga útil é de 705 kg.

Conjunto mecânico

A Chevrolet Montana vem equipada com motor 1.4 EconoFlex que gera 94 cv de potência a 6000 rpm e torque de 12,9 kgf.m a 3200 rpm quando abastecido com gasolina. Com etanol, a potência é de 99 cv a 6000 rpm e o torque é de 13 kgf.m a 3200 rpm. O câmbio é manual de cinco velocidades.

A Strada é empurrada por propulsor 1.4 que rende 88 cv e 12,5 kgf.m no álcool. Na gasolina, a potência é de 85 cv e o torque de 12,4 kgf.m. A transmissão é, assim como no caso da Montana, manual de cinco marchas.

Itens de segurança e conforto

A Chevrolet Montana LS vem de série com direção hidráulica, protetor de caçamba, degrau lateral para o mais fácil acesso ao compartimento de carga, rodas aro 15, banco do motorista com ajuste de altura, preparação para receber sistema de som com fiação elétrica completa, entre outros itens.

A Strada Hard Working, por sua vez, dispõe de direção hidráulica, rodas de aço de 14 polegadas, ar-condicionado, computador de bordo, tomada 12V e predisposição para som - com dois alto-falantes e antena.

Comentários