Jeep Compass Ford Bronco Sport1

Jeep Compass x Ford Bronco Sport: líder ameaçado?

Marca do oval azul vai atacar o líder das sete barras em três frentes diferentes, comparamos uma delas


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Jeep Compass x Ford Bronco Sport: líder ameaçado?
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Ford, desde 2018, anunciou que investiria em SUVs, picapes e carros comerciais. Os produtos começaram a aparecer logo em seguida. Entre os SUVs, surgiram Escape, Territory e mais recentemente Bronco e Bronco Sport.

Justamente esse último que interessa ao mercado brasileiro. Apesar de a empresa planejar trazer os outros, o nosso foco hoje é naquele com maior potencial de rivalizar com o Jeep Compass: o Bronco Sport. O SUV médio da Ford claramente é inspirado no rival, com características urbanas e fora de estrada. No entanto, por chegar importado, dificilmente incomodará o líder.

Dimensões

Jeep Renegade e Compass Jalapão
icon photo
Legenda: Compass é mais comprido, mas perde em outras medidas, especialmente no ente-eixos
Crédito: Divulgação

Em termos de tamanho, os dois são bem parecidos. O Jeep tem 4,41 metros de comprimento, 2,03 m de largura (o que inclui os retrovisores), 1,63 m de altura e 2,63 m de entre-eixos.

Já o Bronco Sport possui 4,38 m de comprimento, 2,08 m de largura, 1,78 m de altura e 2,67 de distância entre-eixos. Portanto, apesar de menor, acaba compensando em espaço nas demais medidas.

Motores

Fiat Toro Ranch0908
icon photo
Legenda: Motor 2.0 turbodiesel é um diferencial do Jeep Compass
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

As coisas começam a mudar quando falamos de motorização. O Bronco Sport mais cotado para o Brasil é equipado com motor 1.5 EcoBoost de três cilindros e injeção direta. Esse propulsor é conectado a uma transmissão automática de oito marchas. Os dados apontam para 184 cv a 6.000 rpm e 26,3 kgf.m a 3.000 rpm.

A opção mais cara, que não deve ser ofertada no Brasil, tem moto 2.0 EcoBoost com 248 cv a 5.500 rpm e um torque máximo de 38 kgf.m a 3.000 rpm. A transmissão é a mesma do anterior.

Já o nosso Compass, até o momento usa um 2.0 flex aspirado com 166 cv a 6.200 rpm e 20,5 kgf.m de torque a 4.000 rpm. No entanto, espera-se que esse motor seja substituído até o próximo ano pelo 1.3 FireFly turbo com até 180 cv, enquanto o torque deve chegar na casa dos 30 kgf.m, uma vez que o europeu, menos potente, já gera 27,5 kgf.m.

Por outro lado, o 2.0 turbodiesel com 170 cv a 3,750 rpm e 35,7 kgf.m de torque a 1.750 rpm deverá ser mantido. Talvez apenas com ajustes para reduzir a emissão de poluentes.

Se joga na lama

Ford Bronco Sport 2021
icon photo
Legenda: Apesar de ângulos de ataque e de saída inferiores, Bronco Sport transpõe áreas mais alagadas
Crédito: Divulgação

Apesar de ambos terem predicados para encarar certos níveis de off-road, sabemos que essas qualidades não serão decisivas na compra. Ainda assim, resolvemos trazer o que cada um pode fazer.

O grande destaque do Bronco Sport é a capacidade de imersão. Segundo a Ford, são 60 cm, maior até que o Jeep Wrangler, por exemplo. A tração é 4x4 e há bloqueio dos diferencias. O vão livre do solo é de 19,8 cm, enquanto os ângulos de entrada e saída são de 21,7 graus e 30,4 graus, respectivamente.

Já o Compass Trailhawk, mais indicado para o off-road, também vem com tração integral, mas se destaca nos números: 21,8 cm de vão livre, e ângulos de 28,9 graus e 31,9 graus. No entanto, segundo a Jeep, a capacidade de transpor trechos alagados é de 48 cm.

Equipamentos

jeep_compass_limited_052.jpg
icon photo
Legenda: Compass oferece assistente de estacionamento, mas rival é bem mais completo
Crédito: jeep_compass_limited_052.jpg

Há muito em comum neste ponto, já que consideramos que a Ford venda a versão completa, sem opcionais, aqui no Brasil. O Bronco Sport, mesmo nos EUA, pode ser equipado com frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, monitor de ponto cego com alerta de tráfego cruzado, assistente de permanência em faixa, câmera de ré e faróis com facho alto automático de série.

O Bronco Sport também dispõe do pacote Co-Pilot360 Assist+, que adiciona controle de cruzeiro adaptativo, assistente de manobra de evasão e comando de voz para a central multimídia. Por fim, tem o Assist 2.0, com reconhecimento de placas de trânsito.

No caso do Compass, a configuração mais completa não é equipada com alerta de tráfego cruzado, faróis adaptativos, assistência de manobra de evasão e reconhecimento de placas. No entanto, há assistente de estacionamento e retrovisor eletrocrômico. Até a chegada do rival, prevista para 2021, deverá ganhar mais itens para se manter competitivo e segurar a liderança.

Comentários