comparativo-208-argo-polo

Peugeot 208 contra Volkswagen Polo e Fiat Argo

Recém-lançado, o hatch da Peugeot tem tamanho semelhante ao dos adversários, mas ainda mais tecnologia embarcada


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Peugeot 208 contra Volkswagen Polo e Fiat Argo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Durante o lançamento do novo 208, a Peugeot elencou os concorrentes do modelo. A marca francesa citou Honda Fit, Volkswagen Polo e Toyota Yaris. Apesar disso, alguns hatches também podem concorrer com o modelo, caso de Fiat Argo, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix.

Pensando nisso, nós do WM1, colocamos Polo e Argo em um duelo virtual com o novo Peugeot 208. O objetivo é analisar se o novo lançamento da Peugeot tem forças para bater a já tradicional dupla de hatchs do mercado brasileiro.

Espaço

Volkswagen Polo 200 TSI
Volkswagen Polo leva vantagem no espaço interno por conta do maior entre-eixos
Crédito: Divulgação

Tratando-se de hatch, convenhamos que espaço não é bem o forte dos modelos. Ainda assim, esse item é importante. Recém-lançado, o Peugeot 208 tem 2,53 m de entre-eixos - ele fica posicionado exatamente entre os adversários.

O Fiat Argo tem 2,52 m, enquanto o VW Polo tem 2,56 m. O novo 208, contudo, fica devendo em espaço para a bagagem: são só 265 litros, enquanto a dupla rival oferece 300 l no bagageiro.

Tecnologia

Peugeot 208 Griffe 1.6 AT
Peugeot 208 Griffe tem tecnologias que os concorrentes nem oferecem como opcional
Crédito: Fernando Miragaya/WM1

Por ser o projeto mais novo, o 208 ganha de lavada neste quesito. O hatch da Peugeot tem um pacote bastante recheado, principalmente quando se trata da versão topo de linha Griffe.

Ela traz, por exemplo, carregamento de celular sem fio; painel de instrumento digital; faróis Full LED; câmera de manobra com visão 180°; alerta de colisão; sistema de frenagem automática de emergência; alerta e correção de mudança involuntária de faixa; farol alto inteligente e sistema de reconhecimento de placas. Pacote extenso e com itens não vistos nos rivais, nem como opcional.

Motorização

Volkswagen Polo Beats
Motor 1.0 TSI é o mais moderno entre os três
Crédito: Marcos Camargo/WM1

Toda a tecnologia aplicada no 208 fica esquecida quando o tema é motorização. O modelo da Peugeot não usa o excelente motor 1.2 Puretech, de três cilindros, do grupo PSA - por ora, ele chega ao mercado brasileiro somente com o já conhecido 1.6 16V flex, de até 118 cv e 16,1 kgf.m de torque.

A única opção de câmbio é automática de seis marchas. No Argo, a versão topo de linha HGT usa motor 1.8 flex, aspirado, de até 139 cv e 19,3 kgf.m de torque. O câmbio também é sempre automático de seis velocidades.

Já o VW Polo é o que tem a motorização mais moderna. O hatch da VW usa o já tradicional 1.0 TSI flex, de até 128 cv e 20,4 kgf.m de torque, com câmbio automático de seis marchas.

Preço

Fiat Argo HGT
Fiat Argo HGT é o mais barato, mas precisa de diversos opcionais para ficar semelhante aos outros dois modelos
Crédito: Divulgação

Neste quesito selecionamos as versões topo de linha dos três modelos para não haver disparidades, já que elas são as mais completas possíveis. O Peugeot 208 Griffe puxa a fila como mais caro: R$ 94.990. O modelo francês não tem opcionais e vem até mesmo teto de vidro panorâmico de série.

O VW Polo Highline fica com a segunda posição. Custa R$ 90.690 e também não tem opcionais. Já o  Fiat Argo HGT termina em terceiro. Custa a partir de R$ 72.490, mas para ficar equiparado com os concorrentes precisa de R$ 8.550 em opcionais, totalizando R$ 81.040. Bem mais barato.

Conclusão

Apesar de ser o mais caro do trio, o Peugeot 208 tem itens de tecnologia inéditos no segmento e também um dos carros mais belos da categoria. Fica devendo, porém, um trem de força mais moderno.

O Polo leva no quesito espaço e também na modernidade do seu motor, turbinado, que tem ótima eficiência energética. Mas é o mais sóbrio visualmente.

O Argo, por fim, tem motor e câmbio antiquados, assim como o 208. Mas se ele não tem a tecnologia do francês, é atrativo por conta do visual parrudo e por seu preço (bem) mais em conta.

Comentários