Comparativo

Peugeot 208 x Volkswagen Polo: hatches na área

Comparativo virtual traz duelo entre versões intermediárias dos dois modelos; veja o que cada uma tem


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Peugeot 208 x Volkswagen Polo: hatches na área
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O segmento de SUVs já engoliu os hatches médios no Brasil. O que é uma pena. Todavia, o modismo já começa, ainda que timidamente, a atacar os compactos. Não à toa, vemos mais e mais CUVs (crossover utilitiy vehicles) anabolizados nas ruas, e uma enxurrada destes veículos deve chegar ao mercado nos próximos anos.

Mas os hatches compactos sobrevivem. Já não têm mais os preços de carros de entrada, mas ainda têm bom volume de vendas. Tudo bem que, hoje, param mais nos pátios dos CNPJ do que nas garagens de pessoas físicas, mas seguem na ativa.

Colocamos, no nosso comparativo virtual, dois representantes deste segmento. Os sobreviventes são Peugeot 208 e Volkswagen Polo. Travam duelo as versões intermediárias dos modelos. O hatch francês aparece na configuração Active Pack, com preço sugerido de R$ 79.290. O veículo da montadora alemã, por sua vez, se mostra na opção 1.6 MSI, que sai a partir de R$ 78.180.

Conjunto mecânico de Peugeot 208 e VW Polo

A nova geração do Peugeot 208 é feita sobre a plataforma CMP. Se a arquitetura é nova, o conjunto mecânico é um velho conhecido. O 208 é empurrado pelo 1.6 flex da família EC5.

Com um mapa de injeção exclusivo, ele tem a mesma potência de 118 cv quando abastecido com etanol. O torque, contudo, é menor. Antes, o motor entregava cerca de 16 kgf.m. Agora são 15,5 kgf.m no álcool.

A transmissão do Peugeot 208 Active Pack é automática de seis velocidades, com trocas somente na alavanca. A versão tem, assim como as demais opções, piloto automático e modos Eco e Sport.

O VW Polo, “adversário” do Peugeot 208, usa o motor 1.6 MSI de 117 cv de potência e 16,5 kgf.m de torque quando abastecido com etanol. A transmissão é automática, também de seis velocidades.

Itens de segurança e conforto

O Peugeot 208 Active Pack dispõe de coluna de direção com ajuste de profundidade e altura, vidros elétricos, retrovisores com ajuste elétrico, ar-condicionado digital, piloto automático e câmera de ré. O hatch tem ainda controles de estabilidade e tração e quatro airbags. A central multimídia de sete polegadas tem conectividade com Android Auto e Apple CarPlay.

O VW Polo, na versão 1.6 MSI, vem com assistente para partida em aclive, quatro airbags, ar-condicionado, cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura e sistema de som touchscreen "Composition Touch" com App-connect.

O modelo da Volkswagen tem também vidros elétricos dianteiros e traseiros (com função "one touch" nos dianteiros) e volante multifuncional.

Dimensões de Peugeot 208 e VW Polo

Peugeot 208 e VW Polo têm dimensões similares. O modelo da marca francesa mede 4,05 m de comprimento, 1,45 m de altura e 1,96 m de largura. Ele tem 2,53 m de entre-eixos. Já o Volkswagen tem 4,07 m de comprimento, 1,46 m de altura e 1,75 m de largura. O entre-eixos é 3 mm maior que o do 208: 2,56 m.

A capacidade do porta-malas do Peugeot 208 Active Pack é de 311 litros, enquanto o VW Polo tem porta-malas com volume de carga de 300 litros. Não são bagageiros campeões do segmento, mas, para a categoria, são o suficiente.

Conclusão

Foi-se o tempo em que versões mais básicas de hatches compactos tinham preços que saltavam aos olhos pela competitividade. Hoje, são raras as opções abaixo de R$ 60 mil à venda no país.

Peugeot 208 Active Pack e VW Polo, contudo, são opções mais do que dignas dentro do segmento. Se o primeiro leva alguma vantagem em espaço interno, o segundo compensa pelo conjunto mecânico melhor acertado e com melhor desempenho.

Comentários