5 curiosidades sobre o Fiat 147

Compacto inaugurou a fábrica de Betim, foi pioneiro em vários aspectos e deixou heranças vivas até 2013

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. 5 curiosidades sobre o Fiat 147
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Há exatos 44 anos, a Fiat inaugurava sua maior fábrica no Brasil. O responsável pelo início das operações foi o 147. Hoje, a unidade em Betim, Minas Gerais, tem capacidade para produzir 800 mil carros por ano. De lá saem Strada, Argo, Fiorino, Uno, Mobi e Grand Siena.

No entanto, como hoje é dia 14/7, é comemorado o dia do... Fiat 147. Além de ser o primeiro Fiat do Brasil, o modelo também trouxe diversas inovações para o mercado do país. Confira abaixo.

Primeiro motor transversal

1200px Registro De Um Motor Fiasa 1050cc Em Um Fiat 147
icon photo
Legenda: Motor transversal virou tendência após o 147
Crédito: Divulgação

Se hoje é comum o motor ser montado na posição transversal, é graças ao 147. Foi o primeiro modelo a usar essa configuração no Brasil. Isso acarreta melhor aproveitamento do espaço interno, uma vez que o capô não precisa mais ser tão grande.

Primeiro carro a álcool do mundo

Fiat 147 A Alcool 40 Anos 1
icon photo
Legenda: Programa Proálcool foi criado para reverter a Crise do Petróleo
Crédito: Divulgação

A Crise do Petróleo, que citamos na matéria a respeito dos esportivos renegados, também atingiu o Brasil. Com isso, o Governo criou o Proálcool, projeto que reduzia tarifas fiscais na aquisição de veículos movidos a etanol. Assim, em 1978, o popular “Cachacinha” foi lançado.

Primeira picape derivada de automóvel

Fiat 147 1.3 Pickup City Cs 8v Alcool 2p Manual Wmimagem19062698042
icon photo
Legenda: Fiat 147 originou família de picapes compactas

Se hoje a marca se gaba da evolução da Strada e de seu domínio no mercado de picapes compactas, tudo começou há muito mais tempo. A Fiat 147 Pick-up, também lançada em 1978, fez sucesso e inspirou a criação de Volkswagen Saveiro, Chevrolet Chevy 500 e Ford Pampa. A Fiat ainda criou um sedã (Oggi) e uma perua (Panorama) baseados no 147.

Exportado e adaptado pela Lamborghini

0c3fc7ed1587335a26d283485d7ebe2d
icon photo
Legenda: Fiat 127 Rustica era vendido na Itália
Crédito: Divulgação

Como já mostramos aqui, o nosso 147 foi exportado para a Europa. Para aquele continente, o compacto estava disponível com motor 1.3 diesel (menor conjunto movido por este combustível do mundo naquela época). Curiosamente, havia uma configuração batizada de Rustica, que recebia incrementos aventureiros pelas mãos da Lamborghini.

Herança

Fiat Grazie Mille 01
icon photo
Legenda: Fiat Mille usava esquema de suspensão traseira do 147

A produção do 147 foi encerrada em 1986, mas suas heranças ficaram vivas até 2013. Primeiro, quando o Palio foi lançado, a Fiat aproveitou o motor do 147 no compacto. Antes disso, o estepe colocado no cofre do motor, solução que salvava espaço do porta-malas, foi adotado no Uno. Por fim, o Mille tinha o mesmo sistema de suspensão do subcompacto e foi produzido até 2013.

Comentários