Achei na Webmotors: Fiat Strada Sporting

Antiga geração da picape teve até uma versão com desenho esportivo, mas que vendeu pouco e se tornou bem rara

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Achei na Webmotors: Fiat Strada Sporting
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Fiat Strada. A picape mais vendida do Brasil sempre teve como característica a robustez para o trabalho. Mas você sabia que ela já teve uma versão "esportiva" aqui no Brasil? Pois bem, a Strada Sporting vendeu bem pouco, o que a tornou um clássico instantâneo. E na semana de apresentação da nova geração da picape, é exatamente esse o nosso achado na Webmotors dessa semana.

Lançada em 2011, a Strada Sporting adotava o desenho esportivo que já era utilizado no Palio, no Siena, no Stilo e até mesmo no Idea. Usava o motor 1.8 16v flex E.torQ, que rendia até 132 cv e 18,9 kgf.m quando abastecido com etanol. O câmbio era manual de cinco marchas e a tração, é claro, dianteira.

icon photo
Legenda: Os acabamentos da Fiat Strada Sporting são prateados e combinam com o tom das rodas de 16 polegadas

Apesar de mais potente, o motor não tinha qualquer tipo de calibração extra. Era o mesmo que equipava a versão Adventure, por exemplo. O 0 a 100 km/h ficava na casa dos 10 segundos e a velocidade máxima informada pela Fiat na época era de 184 km/h.

Se os números não eram tão expressivos assim, o visual era o principal destaque. A carroceria só tinha as opções amarela, vermelha, azul, preta e prata. As rodas são de 16 polegadas e têm acabamento prateado, também presente nos retrovisores e nos copinhos do farol de milha.

icon photo
Legenda: O nome Sporting na traseira da picape compacta deixa bem claro de qual versão se trata

Esteticamente, a Strada Sporting tem faróis com máscara negra e saias no para-choque dianteiro e laterais. Na traseira, o nome da versão fica exposto em um aplique prateado logo abaixo da tampa da caçamba.

icon photo
Legenda: Na cabine, a grande diferença da Strada Sporting é o volante revestido de couro

Por dentro, as mudanças são mais sutis. Os cintos são vermelhos, o volante é revestido de couro e só. O modelo anunciado na Webmotors, porém, tem um opcional bastante raro: teto-solar. Apesar de funcionar manualmente, o sistema deixa o exemplar ainda mais exclusivo.

icon photo
Legenda: O teto-solar era opcional na Fiat Strada Sporting e poucas unidades viram com o acessório

Com 101 mil quilômetros no hodômetro, a Strada Sporting do anúncio rodou pouco mais de 10 mil km por ano. Seu estado impecável, contudo, mostra que o dono anterior teve bastante cuidado ao conservar do veículo.

Por R$ 33.500, a exemplar está um pouco mais caro que os outros anunciados na Webmotors. Seu estado de conservação, porém, é um diferencial que conta bastante em um possível carro colecionável no futuro.

Comentários