Ayrton Senna, nosso eterno campeão

Brasileiro tricampeão mundial de Fórmula 1 completaria 57 anos hoje

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Ayrton Senna, nosso eterno campeão
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Tricampeão mundial de Fórmula 1 e um dos maiores ídolos esportivos brasileiros, Ayrton Senna estaria completando nesta terça-feira (21), 57 anos. Nascido em 21 de março de 1960, o esportista morreu no dia 1º de maio de 1994, em um grave acidente no GP de San Marino, no circuito de Ímola, na Itália, a bordo de sua Williams. Ele tinha, então, recém completado 34 anos de idade.

A carreira de Senna na Williams, hoje pilotada pelo também brasileiro Felipe Massa - que tinha 13 anos na época do acidente -, foi curta e não chegou a uma temporada completa. Foi na McLaren, equipada com motores Honda, que o piloto conquistou seus três títulos na F-1, em 1988, 1990 e 1991.

Em 1985, ele se mudou para a Lotus, onde obteve sua primeira pole-position, de um total de 65, no GP de Portugal. Essa prova também marcou a primeira vitória do Brasileiro na F1, novamente embaixo de chuva. Senna ficou na Lotus até 1987, para se mudar, no ano seguinte, para a McLaren, onde levou o primeiro campeonato no mesmo ano – em 1988, ele e Alain Prost só não venceram uma das provas da temporada, marcando o predomínio da McLaren.

Há 57 anos nascia a criança que se tornaria nosso grande herói. Parabéns ao nosso eterno campeão! #VivaIntensamente https://t.co/juOKi585IF

— Instit. Ayrton Senna (@instayrtonsenna) March 21, 2017

Na equipe inglesa, que naqueles anos vivenciou seu ápice técnico, o brasileiro protagonizou embates históricos com o francês Alain Prost – inicialmente como companheiro de equipe e depois como piloto da Ferrari (em 1990 e 1991) e da Williams, em 1993.

A carreira de Ayrton Senna na Fórmula 1 começou em 1994 na desconhecida Toleman, depois de levar o título da Fórmula 3 inglesa no ano anterior. Já na primeira temporada, ele justificou sua fama de andar muito bem na chuva e conquistou o segundo lugar do GP de Mônaco, atrás apenas de Prost. Foi o seu primeiro pódio na categoria – outros dois seriam obtidos naquele ano nos GPs da Inglaterra e Portugal.

Durante sua carreira na Fórmula 1, Senna obteve 41 vitórias, 80 pódios, 65 pole-positions  e 19 voltas mais rápidas. Por conta desses números e especialmente devido ao arrojo na pista, sobretudo quando ela estava molhada, o brasileiro é considerado um dos melhores pilotos de todos os tempos, ídolo declarado de colegas como o tricampeão mundial Lewis Hamilton. Também foi apontado como o melhor piloto da história em diversas votações do gênero.

Neste dia especial, uma singela homenagem do WM1, para contar às novas gerações um pouco da trajetória desde brasileiro que nos enche de orgulho. Parabéns, Ayrton! 

Dica WM1: Se você quer saber mais sobre a carreira do piloto, assista o filme "Senna: O Brasileiro, O Herói, O Campeão". Prepare os lenços e boa sessão. 

Leia também: 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors