BMW 600 já fazia 22 KM/L há 60 anos!

Aceleramos o microcarro criado no pós-guerra
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. BMW 600 já fazia 22 KM/L há 60 anos!
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Economia e sustentabilidade. Essas duas palavras passaram a fazer parte do vocabulário das pessoas nos últimos anos. A escassez cada vez maior de recursos e a possibilidade de um futuro mais pobre fez com que a indústria repensasse sua própria forma de produção.

Mas na década de 50, portanto após a 2ª Guerra Mundial, onde o mundo vivia um momento de extrema economia e reconstrução viu surgir algo semelhante. Os microcarros foram pensados justamente para andar bastante e gastar pouco.

Nesse sentido tivemos a Isetta, fabricante italiana de geladeiras, que se aventurou no ramo automotivo e deixou sua marca. Por aqui tivemos o Romi-Isetta, muito aclamado pela imprensa e que se tornou famoso por sua praticidade.

A BMW também pensou nessa ideia e lançou duas versões distintas. O BMW Isetta 300, para três passageiros e usando motorização menor e o Isetta 600, com o propulsor da BMW R60 e que teve uma produção infinitamente menor, sendo um raro item de coleção nos dias de hoje.


No Brasil existem aproximadamente dez exemplares. E guiar o pequeno é bem divertido. A despeito do baixo torque ele tem quatro marchas, todas sincronizadas, e um comportamento dinâmico bastante aceitável. Inclusive, a suspensão com braços oscilantes foi desenvolvida para esse modelo.

Andando pela rua é fácil despertar a atenção das pessoas. Todo mundo quer tirar uma foto ou acenar para o carrinho. Também existem os motoristas estúpidos, que são minoria e não entendem suas limitações. Mas isso é assunto para outra matéria. Só pra fechar vale dizer que o dono, o músico Marcos Valente Junior, usa o 600 quase todo dia e até vai se apresentar com ele. Isso é que é viver com estilo.   

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors