Coleção de woodies mais importante do mundo será vendida em agosto

Conhecida como Nick Alexander Collection, coleção de antigos com carroceria de madeira tem raridades como o Mercury Sportsman 1946
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Coleção de woodies mais importante do mundo será vendida em agosto
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Em julho de 2006 conhecemos Gilberto d’Ávila Rufino, um advogado apaixonado por veículos antigos que recria os famosos woodies, modelos clássicos com carroceria de madeira, em Tijucas, Santa Catarina. Muitos de seus veículos são inspirados no Mercury Sportsman, um modelo raríssimo. Pois um dos veículos originais será colocado à venda em agosto deste ano no leilão “Sports & Classics of Monterey”, promovido pela RM Auctions. Ele é parte da chamada Nick Alexander Collection, conhecida como a coleção mais completa de woodies do mundo. Será uma rara oportunidade especialmente para colecionadores norte-americanos, tão ávidos por veículos assim que elevaram seus preços a patamares incríveis.

Um dos modelos mais interessantes da coleção Nick Alexander é o Ford Station Wagon 1932, o primeiro veículo da galeria ao lado. Equipado com motor V8, ele é um dos 351 woodies com este tipo de propulsor fabricados pela Ford naquele ano. Depois de ser recuperado nos anos 1960 por um professor primário da Califórnia, o carro foi para as mãos de um colecionador do Arizona. Foi dele que Nick Alexander comprou o Station Wagon. Depois de uma restauração minuciosa, o carro ganhou o prêmio Dearborn em Pismo Beach no ano de 2001. Este prêmio é considerado o maior que pode ser dado a um trabalho de restauração. O preço de arremate do carro está estimado entre US$ 125 mil e US$ 150 mil, algo por volta de R$ 300 mil.

A estrela do leilão, de todo modo, deve ser o Mercury Sportsman que mencionamos no início do texto, cuja foto abre essa reportagem. O que faz parte da coleção Nick Alexander é um dos 205 que foram fabricados em 1946. Destes, pouquíssimos continuaram inteiros. Também submetido a uma restauração cuidadosa, este Sportsman venceu o prêmio Dearborn em 2004, com uma pontuação de 994. A pontuação máxima que pode ser conseguida é 1.000. O preço do carro deve ficar entre US$ 275 mil e US$ 350 mil, ou seja, deve bater em R$ 700 mil. Se é que não vai ultrapassar este valor.

Outro modelo digno de nota é o Ford Sportsman 1948. Imaginar que ele foi um presente de Natal dado a uma professora de San Diego pelo marido em 1947 é parte do charme do veículo, mas o que pesa mesmo é saber que ele tem o número de chassi mais alto dentre os fabricados como modelo 1948. Só 28 Ford Sportsman saíram da fábrica em 1947. Sendo este o último Ford Sportsman fabricado, o preço entre US$ 225 mil e US$ 275 mil, ou de até R$ 550 mil, não é de estranhar.

Parte da renda obtida com a venda da coleção Nick Alexander será revertida à Midland School, na Califórnia. Essa é uma tradição norte-americana: destinar doações para fins filantrópicos. Se a filantropia fosse destinada a colecionadores, o mais certo seria que eles preferissem sua parte em carros, mesmo. Ainda mais carros tão bonitos quanto estes woodies.

Gosta de clássicos e de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esses carros míticos:

Austin

Alfa Romeo

Americar réplicas

Bentley

Bianco

Chamonix réplica

DKW-Vemag

Dodge

Ferrari

Leia também:

Hurtan Grand Albaycin, inspirado no Jaguar XK 120, é moderno

Ferrari 250 TR se torna o carro mais caro do mundo

Dia do Automóvel: comemore aprendendo mais sobre ele

Réplica perfeita do Mercedes-Benz 300 SL é feita na Alemanha

Designer sueco recria Volvo P1800 Coupé com mecânica moderna

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors