Dodge Dart funerário tem V8 de 192 cv sob o capô

Veículo era adaptado por uma empresa localizada em Caxias do Sul (RS)

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Dodge Dart funerário tem V8 de 192 cv sob o capô
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Nessa semana resolvemos tratar de um assunto delicado. Muita gente deve ter lido o título e pensado duas vezes antes de clicar na matéria. Afinal, a morte é sempre vista como algo definitivo e com bastante receio.

Mas esse exemplar com cara de poucos amigos e direito a decoração de época, incluindo as pequenas cortinas brancas e a cruz nas laterais, é um dos raríssimos exemplares produzidos pela Dodge do que seria uma inédita station wagon, antes mesmo do lançamento da Chevrolet Caravan.

Por volta de 1974 a Chrysler pensou em algo nesse sentido, mas acabou abandonando a idéia com os efeitos devastadores da crise do petróleo. Desse modo, as unidades modificadas por uma empresa de Caxias do Sul foram transformadas em veículos funerários.

E tivemos a oportunidade de acelerar um deles. Uma das coisas mais relevantes é que nunca foi restaurado, trazendo assim as marcas do trabalho árduo. Na parte de trás as esferas que faziam o caixão rolar ainda estão lá, bem como um aroma de algo que transmite uma idéia de calmaria.

IMPRESSÕES AO VOLANTE

Como todo Dodge feito por aqui o motor 318 V8 dá conta do recado. E com seus 192 cv e torque abundante, associado à transmissão de três velocidades na coluna, proporciona prazer ao volante, ao mesmo tempo que um certo aperto, por causa do espaço reduzido na dianteira.

Mas de maneira geral a experiência foi válida. Primeiro por guiar um automóvel totalmente original e que está passando por uma restauração – por isso a grade sem faróis – e a segunda pela diversão de acelerar algo que provoca medo e curiosidade dos outros motoristas. Sem dúvida nenhuma, não é uma matéria que se vê todo dia.     

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors