Ford Tempo

Conheça o Ford Tempo, modelo que rejuvenesceu a linha da marca norte-americana nos anos 1980
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Ford Tempo
Marcos Camargo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O Ford Tempo é um dos automóveis que mudou o curso da indústria nos Estados Unidos, que hoje vive o mesmo dilema da mudança. O modelo compacto atendia tanto aos desejos do consumidor que queria um carro confortável quanto aos pré-requisitos de economia, eficiência, ergonomia e aerodinâmica.

O carro, lançado em 1984, era diferente que tudo o que existia no mercado. Nada de imensas grades cromadas, dois metros de largura e cinco de comprimento, ou grandes motores V8. O Ford Tempo era um contra-senso no seu país de origem, e ainda assim foi revolucionário e abriu as portas para novos modelos da marca, como o Taurus.

Nascido no túnel de vento

Na década de 1970, após a crise do petróleo, a indústria automobilística concluiu que era necessário modificar os automóveis e modernizá-los. Porém, o público norte-americano não gostava das linhas européias, mais simples, e dos carros asiáticos, tão pequenos e, ainda, pouco atraentes.

Por isso a Ford partiu de um projeto totalmente novo. O novo carro foi testado a exaustão em mais de 450 horas no túnel de vento, para se obter a maior eficiência aerodinâmica. A grade teria grelhas que facilitariam a passagem do ar, bem como a dianteira inclinada. A traseira seria mais alta que a parte da frente, para deslocar o ar para fora com suavidade, e sem gerar áreas de turbulência.

O motor seria pequeno, mas eficiente, e toda a construção do carro foi projetada, pela primeira vez, em computadores.

Sucesso imediato

O Ford Tempo chegou ao mercado em 1984, e virou uma grande febre. Afinal de contas, era um carro totalmente novo em relação ao Fairmont, modelo que sucedeu, e que era conservador até no nome. No primeiro ano foram mais de 400 mil unidades vendidas, nas versões cupê e sedan.

O motor disponível era um quatro cilindros 2,3 litros que desenvolvia 90 cv, o que parece pouco, mas era satisfatório para o porte do carro que tinha o mesmo tamanho do modelo Monza nacional.

Para alimentar o motor, a Ford desenvolveu um sistema de injeção eletrônica batizado de Central Fuel Injection Injeção de combustível central.

Além das novidades no propulsor, o Ford Tempo incorporava opcionais inteligentes como painel e comandos ergonômicos e também air bag para o passageiro, o primeiro modelo a oferecer esse item no mundo.

Os consumidores gostaram da novidade, porém nas clínicas da Ford, pediam um motor um pouco mais potente e um acabamento mais bem cuidado.
Em resposta a Ford lançou em 1986 o modelo Taurus, que revolucionou o design dos carros norte americanos de segmento superior. Além do design inovador era equipado com motor V6 3,0 litros 140 cv, desenvolvido sob a supervisão de Lewis Veraldi, que batizou o novo carro em referência ao signo de sua mulher Touro. O Taurus, que teve custo de desenvolvimento de três bilhões de dólares, era a continuidade de uma linha totalmente nova de produtos Ford.

Dez anos de Ford Tempo

Após o lançamento do Taurus, a Ford recolocou o modelo Tempo no segmento de entrada. Porém o design externo foi redesenhado com inspiração no modelo superior, mantendo-se o motor quatro cilindros e o acabamento simplificado.

Para “americanizar” o Ford Tempo, a marca introduziu apenas alguns filetes cromados nos spoilers e também na grade. Para quem desejava um carro com mais opcionais, haviam as versões AWD, LX e GLS, a série esportiva equipada com motor Vulcan V6 3,0 litros 150 cv.

No entanto, no final dos anos 1980 as vendas do Ford Tempo caíam cerca de 15% ao ano. Com a recuperação da economia norte americana, os consumidores preferiam o modelo Taurus que tinha acabamento e desempenho muito melhores em relação ao Tempo. Os japoneses Honda Accord e Toyota Camry também melhoravam ano a ano.

Com isso, em 1994 a Ford Motor Company incorporou o motor 2,0 litros Zetec no Tempo, que era usado nos modelos europeus. Porém, com vendas em baixa, a marca decidiu descontinuar o modelo e apostar no Countour, um carro do mesmo segmento, porém com linhas arredondadas, que eram tendência nos anos 1990.
Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de antigos da Ford?

Então veja abaixo as ofertas de preciosidades no WebMotors:

Ford T

Ford F

Galaxie

Landau

Maverick

Explorer

Leia também:

Datsun Fairlady, o roadster japonês de bolso

Monza USA: o nome não tem a ver com o automóvel criado para cá

Eterna Kombi: confira modelo fabricado em 1960

Jeep Willys 1959: mais dessa raridade do mundo 4x4

Ford Country Squire, o exagero do conforto dos anos 1970

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors