Galaxie Night reuniu 70 carros no Sambódromo

Modelo mais luxuoso fabricado no Brasil teve noite especial e diversos carros raros na passarela do samba
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Galaxie Night reuniu 70 carros no Sambódromo
Marcos Camargo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Na semana passada o Auto Show Collection, realizado todas as terças-feiras a partir das 18h no Anhembi, em São Paulo, organizou a 5ª edição do Galaxie Night, evento que reúne os exemplares mais raros do carro mais luxuoso fabricado no mercado brasileiro. O Galaxie é sempre lembrado por ser o primeiro e único full size norte-americano fabricado no Brasil entre 1967 e 1983.

A quinta edição do encontro reuniu modelos raríssimos como a versão STD, que foi lançada em 1970 em resposta ao Dodge Dart que era mais despojado e de proposta esportiva. O Galaxie “pé de boi” vinha desprovido de todos os itens de série das versões 500 e LTD a Landau seria lançada apenas em 1972 como direção hidráulica, ar condicionado, relógio quartz e frisos externos. Os bancos eram de vinil e as forrações de portas mais simples e sem adereços, assim como as cores disponíveis apenas em tons sólidos; vermelho, branco, azul e bege.

O desfile seguiu a ordem cronológica da trajetória do Galaxie no Brasil, mas começou com dois raros modelos importados; o Fairlane 1957 conversível com a clássica combinação de cores vermelho e branco, cuja plataforma serviu de base para o Galaxie em uma versão que apareceu pela primeira vez em 1958 nos EUA. Em seguida desfilou um Galaxie 1961 com o característico design retilíneo que estava em voga à época.

Entre os modelos nacionais, o desfile foi aberto por um modelo 1967, azul monocromático, para relembrar os tempos em que era possível combinar a cor da pintura com o estofamento em tons de vermelho, bege, preto, verde e azul. Depois, um modelo 1968 exibiu as tradicionais “cortinas” instaladas no vidro traseiro, que estavam disponíveis como opcionais e eram escolhidas por autoridades e empresários.

Na linha dos anos 1970 o motor do Galaxie ficava mais potente V8 292 4,8 litros e o carro mudava um pouco com novos frisos e desenho da grade e forração de portas. Para representar o início da série LTD Landau, um modelo 1972, de cor azul mesma cor usada no carro propaganda da época exibia todos os detalhes originais como os frisos diferenciados, o teto de vinil e o acabamento interno. Um modelo 1975 exibiu o último ano do carro com “faróis em pé” e o estilo mantido desde a primeira geração de 1967.

A partir de 1976 a linha Galaxie recebia o novo motor V8 302 5,0 litros de 199cv que era bem mais eficiente, alimentado pelo carburador Motorcraft. No desfile, alguns modelos da linha 500, LTD e Landau que também tiveram alterações estéticas importantes na dianteira, traseira e também no interior.

Um Landau 1980 azul exibiu as diversas inovações que chegaram ao catálogo da Ford nessa época: pneus radiais, ignição eletrônica e outros itens que deixaram o carro mais seguro e econômico. Um Landau que pertenceu ao ex-presidente Figueiredo exibiu os detalhes dos brasões da República.

Entre os especiais, uma Limousine feita a partir de um Galaxie LTD com chassi aumentado em 1,5 metro, um Concorde réplica dos roadsters fabricado sobre chassi do Galaxie e motor 302 V8, um Galaxie polícia e outro totalmente customizado com suspensão a ar.

Conheça o Galaxie Clube

Gosta de Galaxie?

Então veja as melhores ofertas para esse segmento no WebMotors:


40 ofertas de Galaxie

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors