Kadett GSI marcou época como esportivo nacional

Cupê vendido entre as décadas de 80 e 90 oferecia motor 2.0 de 121 cv

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Kadett GSI marcou época como esportivo nacional
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Já falamos aqui na coluna sobre alguns esportivos feitos no Brasil que até hoje provocam boas lembranças. Especialmente durante as décadas de 80 e 90 tivemos uma grande quantidade de modelos, que disputavam um nicho de mercado concorrido.

 

O Kadett GSi foi um deles. Nascido como GS, em 1989, chegou ao mercado para substituir o Monza S/R e logo se tornou um sonho de consumo. O estilo europeu, aliado ao motor de 2 litros, garantiu boas disputas com os rivais, entre eles o Gol GTI e Escort XR3.

 

Esse exemplar, em especial, é de 1994, e traz todas as características que transformaram a versão em um mito, destacando as rodas de 14 polegadas, farol de neblina, aerofólio, faróis auxiliares, além do painel digital, check control e computador de bordo. 

 

Impressões ao volante

 

O hatch causa uma boa impressão logo de cara. Uma impressão sonora, diga-se de passagem. O escapamento Kadron garante um som mais grave, perfeito para combinar com o estilo agressivo e com os detalhes já citados no parágrafo anterior.

 

No cofre do motor um bloco de 2 litros, com 121 cv a 5.400 rpm e torque de 17,6 kgfm garante respostas rápidas ao estímulo do acelerador. O conjunto trabalha bem com o câmbio curto, algo que passa a impressão de mais potência nas retomadas.

 

Os primeiros 100 km/h eram atingidos em 10,2 segundos, com velocidade máxima de 177 km/h, algo realmente excepcional há duas décadas. E, devo dizer, com seu estilo europeu o GSi continua atraindo muitos olhares por onde passa. Sinal de que os verdadeiros esportivos jamais são esquecidos.


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors