Maio Amarelo terá campanha digital

Movimento de conscientização sobre responsabilidade no trânsito terá como alvo profissionais de serviços essenciais

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Maio Amarelo terá campanha digital
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Ministério da Infraestrutura começa a sétima edição do Maio Amarelo. A campanha deste ano, voltada para os profissionais que prestam serviços essenciais para o país, será totalmente digital. O tema do movimento é: “Perceba o risco. Proteja a vida”.

A campanha Maio Amarelo 2020 será realizada tendo como foco a orientação para profissionais que precisam estar diariamente nas ruas para garantir a saúde e segurança da população. E também o abastecimento do país durante o enfrentamento ao coronavírus.

A campanha será realizada por meio das redes sociais do Denatran e das instituições parceiras, como Ministério da Cidadania, Ministério da Saúde, DNIT, ANTT, PRF, Associação dos Detrans, Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), Sest/Senat e Associação Brasileira de Medicina do Tráfego, entre outras.

Maio Amarelo Digital
icon photo
Legenda: Maio Amarelo deste ano terá campanha digital e voltada para profissionais essenciais durante a pandemia
Crédito: Divulgação

Durante todo o mês de maio, a Esplanada dos Ministérios e diversos órgãos públicos estarão iluminados na cor amarela - que simboliza o movimento e remete à atenção na sinalização de advertência no trânsito.

Outra ação promovida pelo Maio Amarelo é a Campanha de Doação de Sangue, que será realizada com o objetivo de contribuir com o aumento do estoque de sangue no país. Mais uma vez, as doações serão feitas de forma controlada parar evitar aglomerações.

Conscientização infantil

Além disso, o ONSV lançou o aplicativo Maio Amarelo Kids, uma iniciativa de educação de trânsito que possibilita a interação, o entretenimento, os desafios e aprendizados de toda a família em relação ao trânsito. O jogo digital está disponível gratuitamente nas lojas da App Store e Google Play para crianças de 7 a 14 anos.

Já as ações presenciais do Maio Amarelo ficaram para setembro deste ano, em atendimento às orientações dos órgãos internacionais de saúde para evitar aglomeração de pessoas durante o período de pandemia.

 

Comentários