Novo Sandero: linha do tempo mostra como ele era

Especial de WM1 relembra como nasceu o hatch com nome "aleatório" da Renault, que acaba de passar por uma remodelação

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Novo Sandero: linha do tempo mostra como ele era
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O novo Renault Sandero foi o carro que prendeu todas as atenções nesta semana, podendo ser considerado um dos lançamentos mais importantes deste mês na opinião da equipe de WM1. Mas você sabia que a palavra "Sandero" não tinha significado até se tornar o nome próprio do carro em 2007, quando a Dacia, a submarca romena de baixo custo da Renault, apresentou o carro ao mundo no Salão de Frankfurt daquele ano?

Abaixo, WM1 vai mostrar uma breve linha do tempo contando um pouco sobre a história do carro, completando o conteúdo com uma seleção de ofertas disponíveis na Webmotors.

Nascimento -- 2007

No Salão de Frankfurt de 2007 a Dacia mostrou ao mundo um compacto totalmente novo, com desenho claramente inspirado no do Clio 3 produzido na Europa. O Sandero ganhava vida feito sobre a plataforma B0 (a mesma do Clio 3) e no final daquele mesmo ano, em dezembro, o carro começava a ser vendido em nosso país. O amplo espaço interno e os bons números de consumo de combustível surpreenderam o mercado em 2008, até então dominado pelo Volkswagen Gol.

O sedã Logan, que já existia e era feito sobre a mesma base do Sandero, veio junto com o hatch entre 2007-2008. Já o Sandero Stepway surgiu no final de 2008, como grande destaque da marca no Salão do Automóvel de São Paulo daquele ano.

Renault Sandero 2007 1 17092018 10590 1280 960
icon photo
Legenda: Renault Sandero surgiu ao mundo em 2007 e surpreendeu o mercado brasileiro em 2008
Crédito: Divulgação

Primeira reestilização -- 2011

A primeira mudança visual da dupla Sandero/Logan rolou em maio de 2011, quando faróis e lanternas foram atualizados, bem como grade frontal e para-choques dianteiro e traseiro. Além disso, o interior foi totalmente revisado. A linha podia contar com um motor 1.0 HiFlex ou 1.6 HiTorque, com caixa de câmbio manual de cinco marchas ou automática de quatro velocidades.

Sandero Privilege Automatico Ext 02
icon photo
Legenda: Renault Sandero ganhou câmbio automático de quatro marchas em 2011
Crédito: Divulgação

Segunda geração -- 2014

No final de 2012 a Dacia/Renault mostrou no Salão de Paris a segunda geração da dupla (ou do trio, considerando a versão Stepway como um modelo à parte), que só seria atualizada no Brasil dois anos depois, em julho de 2014. A nova geração recebeu diversas críticas positivas, pois mantinha o ótimo espaço interno e aprimorava o conjunto mecânico que continuava com bons números de desempenho e consumo de combutível.

Renault Sandero 2014 2
icon photo
Legenda: Renault Sandero mudou de geração em 2014 e ganhou visual mais moderno
Crédito: Divulgação

Versão esportiva RS -- 2015

No final de 2015, depois de frustradas expectativas e tentativas da Renault de lançar no Brasil a versão esportiva "RS" do Mégane (que sempre fez muito sucesso na Europa por conta do sobrenome "apimentado"), a Renault decidiu lançar no Brasil uma configuração de mesmo sobrenome do Sandero, equipada com motor 2.0 de 150 cavalos e câmbio manual de seis marchas.

Nascia ali, portanto, o primeiro carro planejado e feito no Brasil capaz de carregar a insígnia RS, ao preço de R$ 58.880 -- quase o preço da versão 1.6 Zen atual, que sai por R$ 55.990. Hoje em dia o Sandero RS custa no mínimo R$ 69.690.

Renault Sandero Rs Racing Spirit 14
icon photo
Legenda: Renault Sandero RS foi alternativa da marca para atender "órfãos" do Mégane RS
Crédito: Divulgação

Reestilização da segunda geração -- 2019

Assim como aconteceu entre 2012 e 2014, demorou dois anos para que a Renault do Brasil atualiza-se e equipara-se a linha Sandero/Logan de acordo com o que havia na Europa -- no Velho Continente, portanto, a dupla reestilizada desta segunda geração existe desde 2017.

Pois nesta semana, a marca revelou a linha 2020 do hatch e do sedã, que ganhou novos desenhos, câmbio CVT (no lugar da antiga caixa automática) e reforços no quesito segurança, colocando quatro airbags de série em todas as versões dos modelos. Ah, vale dizer que o Stepway agora se chama só "Stepway", inclusive no documento, abandonando de vez o nome Sandero.

Renault Sandero Cvt 2020
icon photo
Legenda: Renault Sandero mudou pouco na frente, mas tem muitas mudanças no visual traseiro
Crédito: Divulgação

Quer oferta?

Abaixo, WM1 fez uma seleção com cinco ofertas de Sandero/Logan/Stepway disponíveis na Webmotors.

Ofertas de Sandero/Logan/Stepway

Renault Sandero Authentique 1.0
R$ 32.799
Renault Sandero Stepway 1.6 2014
R$ 31.900
Renault Sandero Authentique 1.0 2017
R$ 32.799
Renault Sandero RS Racing Spirit 2.0 2018
R$ 52.000
Renault Logan Expression 1.6 2010
R$ 19.500
Renault Logan Expression 1.6 2015
R$ 32.900
Comentários