Opala renasce em projeto de conclusão de curso

Nos 40 anos do aniversário deste ícone da Chevrolet, designer Cauê de Mattos o traz de volta para se formar
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Opala renasce em projeto de conclusão de curso
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- É uma pena que, no Brasil, as grandes idéias quase nunca encontrem um mecenas. Os nossos preferem comprar no exterior o que precisam, em vez de investir na criação de um modelo nacional. Se fosse o contrário, é bem provável que o projeto de formatura do designer Cauê de Mattos encontrasse algum investidor, saudoso, como o próprio Mattos, do Chevrolet Opala, que este ano comemora 40 anos do início de sua produção.

“Faz um tempo que estou para enviar esse meu projeto a vocês! Foi meu projeto de graduação em Desenho Industrial no Mackenzie – SP, em junho de 2008. O primeiro e ainda único projeto de carro que eu fiz”, disse Mattos ao WebMotors. “O projeto consistiu no resgate do clássico Opala Coupé, da década de 1970, mais especificamente o modelo de 1978. Foi um projeto de redesign do exterior do Opala Coupé, bem ao estilo dessas recentes releituras de muscle cars como Camaro Concept, Dodge Challeger Concept e Mustang GT.”

Como se nota pelas linhas do modelo, a impressão é quase que o Opala nem sofreu alterações, mas Mattos afirma que se trata de um carro de projeto moderno com a mesma aparência do clássico da Chevrolet. “O projeto tem uma base sólida de teoria, não foi um mero desenho saudosista.”

O saudosismo ficou por conta da escolha do carro exatamente em um ano tão pertinente a sua história. “Aproveitei o ano oportuno para sugerir uma série especial comemorativa, a ‘ESPECIAL 40’. A idéia principal era resgatar valores de identificação que havia entre os usuários e os seus veículos aquilo que se perdeu dos anos 1990 para cá, aquela relação de confiança que existia... com o Monza, por exemplo. Quem não teve algum familiar que não se identificou com esse modelo e permaneceu ‘fiel’ a ele até o final de sua produção?”

Além da idéia, Mattos também pelejou para colocá-la em execução. “Além da teoria desenvolvida, houve a fase de criação, que se iniciou com desenhos esboços e continuou em uma forma meio ‘de louco’, como os professores denominaram: a criação de fato diretamente em desenho técnico! Foi coisa de louco, mesmo... O trabalho todo foi desenvolvido em apenas 3 meses. Depois partimos para a modelagem 3D e, fechando com chave de ouro, na confecção do "mock-up", modelo em escala 1:4.” As imagens do modelo estão no final da galeria ao lado.

Seria possível recriar o Opala? Oficialmente, é pouco provável. Primeiro, por conta da tração traseira e nenhum Opala mereceria esse nome se tivesse tração dianteira. Segundo, porque o Brasil vem perdendo espaço na fabricação de modelos de luxo. Se fosse recriado, o Opala Especial 40 de Mattos teria de ser feito de modo independente. Se ficasse bom como nos desenhos, haveria filas de espera por ele.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de antigos nacionais?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Chevrolet Opala

Bianco S Tarpan

Dacon Pag Nick

Dardo

Envemo

Miura

MP Lafer

Puma

Santa Matilde

Volkswagen TL


Volkswagen Brasília

Chevrolet Marajó

Dodge Dart

Dodge Charger

Chevrolet Bel-Air

Ford Galaxie 500

Ford LandauRural-Willys

Leia também:

Cadillac dos Caça-Fantasmas é colocado à venda no eBay

Marca Packard é colocada à venda por US$ 1,5 milhão

Designer francês recria Citroën 2CV em seus 60 anos

Audi reconstrói Auto Type D 1939 para Goodwood

A história do automóvel - A evolução da mobilidade

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors