Pagani Zonda F de R$ 4,2 milhões

Superesportivo anunciado no WebMotors tem motor 7.3 V12 de 659 cv de potência
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Pagani Zonda F de R$ 4,2 milhões
Ricardo Sant'Anna
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


O primeiro - e até então único que se tem notícia – Pagani Zonda F desembarcou no Brasil em 2008 pela bagatela de R$ 4 milhões. O superesportivo italiano logo assumiu o título de carro mais caro do mercado. Nem a chegada oficial de marcas como Bentley e Rolls-Royce ao país e a ação do tempo tiraram o título do Zonda F. Hoje, seis anos depois, ele ainda é o carro mais caro do Brasil e está à venda no WebMotors pela bagatela de R$ 4,2 milhões.


Oferecido pela revendedora Só Veículos, o superesportivo traz sob o capô um motor Mercedes-Benz 7.3 V12 capaz de render até 659 cv de potência. O modelo acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. A velocidade máxima é de nada menos do que 360 km/h.


Na época, o modelo chegou ao Brasil por intermédio da extinta importadora Platinuss, que disse ter vendido o modelo para um empresário de São Paulo. Lançado durante o Salão de Genebra de 2006, o Pagani chamou atenção pelo visual inspirado em protótipos de corrida, com direito a quatro saídas de escape ao centro do para-choque traseiro.


A carroceria é toda de fibra de carbono e, na parte interna, é possível ver o material espalhado por bancos, painel e laterais de porta. Rodas de 19 polegadas na inteira e de 20 na traseira completam o visual externo. O Pagani conta ainda com teto panorâmico, câmbio manual, freios da marca italiana Brembo e sistema de som da marca Clarion.


Antigo, novo, cheio de história, simples ou extravagante. Encontrou um carro incrível à venda no WebMotors? Use a hashtag #AcheiNoWebMotors


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors