Porsche 356 foi o primeiro ícone da marca

Saiba mais sobre o precursor dos grandes sucessos da marca alemã

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Porsche 356 foi o primeiro ícone da marca
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Ferdinand Porsche foi uma figura única. O alemão é considerado um dos pais do Fusca, um modelo que nasceu para ser simples, objetivo e resistente Na década de 40, após a Segunda Guerra Mundial, ele passou a se dedicar a outro projeto que se tornaria sua obra-prima.


O 356 apareceu pela primeira vez em 1948, ainda como protótipo em sua versão final. Alguns vídeos de época mostram os testes com o carro, seguido por um MG TC, o pequeno e notável esportivo inglês que conquistou os apaixonados por carro.


Dois anos mais tarde o primeiro modelo, chamado de Pré-A, ganhou definitivamente as ruas. O estilo era um de seus pontos fortes, com linhas fluidas e bem marcadas. Até hoje olha pra um deles passa uma idéia clara de movimento.


O exemplar da matéria é um A, lançado em 1955, que incorporou várias mudanças importantes em termos de transmissão e suspensão, já independente. Ele chegou ao Brasil em 2009 e, acreditem, são 55 anos de história sem restauração, com destaque para as raras rodas Rudge de cubo rápido.


O motor de 1,6 litro refrigerado a ar com 60 cv lembra bastante o que foi usado décadas a fio pela Volkswagen. Mas existem muitas diferenças técnicas entre eles, desde medidas de pistões até possibilidades de preparação.

      

Impressões ao volante


Andar em um Porsche clássico é uma experiência única. São carros simples mas com algo especial. A cada troca de marcha sentimos a história da marca nas pistas e a perfeição de algo que funciona como um relógio.


Os números de desempenho são bastante atuais e por aí entendemos como a tradição alemã foi construída ao longo dos anos. Em breve daremos uma volta no 356 equipado com o mais mitológico propulsor da década de 50: o four cam. Até lá!       

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors