Renault TS 16 de 1972, primeiro esportivo hatch do mundo, roda no Brasil

O primeiro carro a misturar conceitos de sedã com perua, mais 5 portas e uma mecânica sofisticada para a época, foi um ousado Renault em 1964
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Renault TS 16 de 1972, primeiro esportivo hatch do mundo, roda no Brasil
Antigo Motors
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O primeiro hatch a gente nunca esquece. Embora, no caso, a gente nem o conheça direito. O primeiro carro a misturar conceitos de sedã com perua, mais 5 portas e uma mecânica sofisticada para a época, foi um ousado Renault em 1964. Num primeiro momento foi odiado por uns, mas logo depois foi amado por outros. “É um veículo que fez história na Europa, ficou 15 anos em produção e era considerado de luxo”, explica o proprietário do exemplar ao Portal Antigo Motors .

Entre os amigos, o dono deste Renault 16 TS é tido como referência quando o assunto são carros antigos. Quando um deles foi comprar um caminhão, encontrou um veículo francês grande, estranho, encostado, ainda com placa amarela, no canto da oficina. De pronto ligou para o atual proprietário, que foi checar. Ao chegar, uma grata surpresa. “Nunca tinha visto um desses. Essa foi a minha motivação”, revela. E assim começou a história.

Comprou em setembro de 2004. “Ele não andava, se arrastava”, brinca. O estado lastimável em que estava o veículo fez com que demorasse 6 anos em restauração. Enquanto os parceiros trabalhavam, ele ia importando literatura, propaganda de época e peças de diversas partes do mundo.

A mecânica estava original o que colaborou no trabalho de resgate. Por ser proprietário de uma loja de Auto Peças, ajudou. Soma-se ainda o fato deste modelo ser parente do Corcel, ainda que distante. Vale lembrar que o pequeno é fruto de uma parceria da Willys–Overland do Brasil com a Renault francesa, pouco antes de a Ford comprar a primeira.

O Renault TS, “turismo esporte”, oferece motor apimentado todo em alumínio com dupla carburação e câmara de combustão hemisférica, onde a queima do combustível e a passagem do ar são melhores. Especialista do Portal Antigo Motors explica que, em resumo, o motorista acelera menos para obter a mesma resposta, gerando economia e potência, através de recursos mecânicos do motor. Bom não?

Para completar, suspensão independente com barras de torção nas quatro rodas. Por causa da disposição em paralelo das barras na traseira, o entre-eixo é 6 cm maior 2,71 metros do lado esquerdo, enquanto o direito tem 2,65 metros. Outras peculiaridades estão no câmbio de 4 marchas na alavanca da direção e freio de mão no painel, além da carroceria, onde destaca o vinco que desce do teto até a traseira. “Esse item tem duas funções: facilita o escoamento da água da chuva longe dos vidros e reforça a estrutura”, explica o proprietário.

Quanto à parte interna, o estofado é em couro na cor areia, muito confortável. Bancos dianteiros são reclináveis e os traseiros rebatíveis, para transportar vários tipos de carga. Ainda, o console do rádio Bosch Blaumpuckt é vertical, já que o painel corta fogo é bem próximo ao motorista.

“A história não é feita de covardes. Claro que quando o vi sabia que ia dar trabalho, mas eu fui lá e fiz”, conta satisfeito o proprietário. Diz ainda que depois de restaurado uma foto do carro foi parar na internet e não esperava o retorno que teve. “Foi aquela satisfação”, vibra.

Em 1964 surgiu o Renault R16; em 1968 a versão TS; e em 1974 a versão TX que perdurou até 1979. Ao todo foram cerca de 2 milhões de unidades produzidas, mas oficialmente nunca veio para o Brasil. Dos países da América do Sul somente a Venezuela importou o veículo. Até hoje o proprietário tenta restaurar a história do exemplar. Talvez tenha pertencido a algum corpo consular porque é um veículo luxuoso e não se sabe de outra unidade desta no Brasil. Fica aqui o convite, quem tiver alguma pista entre em contato com a redação do Portal Antigo Motors fernanda@antigomotors.com.br e nos ajude nessa missão.

Agradecimentos a Osmar Martins e a Auto Peças Proparts.

Para ver outras fotos exclusivas do exemplar acesse Portal Antigo Motors. Aproveite para curtir nossa página no Facebook www.facebook.com/antigomotors.



Para baixar mais fotos exclusivas deste incrível exemplar, acesse a página do Antigo Motors:antigomotors.com.br.

As opiniões expressas nesta matéria são de responsabilidade de seu autor e não refletem, necessariamente, a opinião do site WebMotors

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors