Sete músicas brasileiras sobre carros

Simonal, Roberto Carlos, Camisa de Vênus, Mamonas, Munhoz & Mariano... Confira canções que enaltecem automóveis

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Sete músicas brasileiras sobre carros
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Pegar o automóvel e ligar o som é quase um ato automático para a maioria dos motoristas. Dirigir e ouvir música estão tão associados que volta e meia surge uma canção que cita o universo das quatro rodas. Resolvemos fazer uma lista para lá de eclética com sete músicas brasileiras sobre carros.

Tem Wilson Simonal, Roberto Carlos, banda de rock, dupla sertaneja... Consideramos só as canções de artistas nacionais, e que citam diretamente um modelo ou marca de carro. Confira nossa lista. E se sentir falta de alguma música, lembra para a gente nos comentários!

Mustang Cor de Sangue - Wilson SImonal

Nos primeiros versos Simonal já dá o recado: a sociedade exige que ele tenha um carro e o músico não se faz de rogado: deseja de cara um Mustang vermelho. Ele diz que larga até mulher no altar para ficar com o esportivo.

  • "A questão social, industrial
  • Não permite e não quer que eu ande a pé

    Na vitrine um Mustang cor de sangue"

    Pelados em Santos - Mamonas Assassinas

    A Brasília amarela virou cult na canção do irreverente grupo dos anos 1990 e se tornou símbolo da banda, cujos integrantes tiveram morte precoce em um acidente aéreo. Para gravar o clipe, o vocalista Dinho comprou o veículo, que depois foi leiloado, abandonado e restaurado pela família do cantor, que usou o chassi de outra Brasília.

    • Minha Brasília amarela
    • Tá de portas abertas,

      Pra ‘mode’ a gente se amar

      Pelados em Santos

      Fuscão Preto – Almir Rogério

      A música alavancou a carreira de Almir Rogério e até hoje é lembrada. Ainda mais, que fala de um dos carros mais famosos e queridos do país. Curiosamente, o Fuscão preto em questão foi o cenário para uma desilusão amorosa na canção composta por Atílio Versutti e Jeca Mineiro.

      • "Fuscão preto, você é feito de aço
      • Fez o meu peito em pedaços

        Também aprendeu a matar"

        Camaro Amarelo - Munhoz e Mariano

        Em 2012 essa foi uma das músicas mais tocadas nas rádios do país e garantiu sucesso à dupla sertaneja Munhoz e Mariano. A letra fala de como a menina por quem um sujeito era gamado passou a percebê-lo só depois que ele adquiriu um Camaro amarelo. Dizem que, nas concessionárias, esse tom do esportivo da Chevrolet começou a ser rejeitado após a música...

        • "Agora eu fiquei doce igual caramelo
        • Tô tirando onda de Camaro amarelo

          Agora você diz: 'Vem cá que eu te quero!'

          Quando eu passo no Camaro amarelo"

          Simca Chambord – Camisa de Vênus

          A famosa banda de rock brasileira dos anos 1980 tinha músicas ácidas e bastante críticas. Nesta canção composta pelo vocalista Marcelo Nova, ele voltava à primeira metade dos anos 1960 para falar como amava e curtia a vida no seu Simca Chambord. E usa o fim da produção do carro para criticar o Golpe Militar de 1964.

          • "Vieram jipes e tanques
          • que mudaram os nossos planos

            Eles fizeram pior

            Acabaram com o Simca Chambord!"

            Fiorino - Gabriel Gava

            Mais um sucesso sertanejo que fala que carro ainda é uma ferramenta para conquistar mulheres... A composição de Bruno Caliman, daquelas em que o cantor refere-se a si mesmo em terceira pessoa e cheia de versos pejorativos, fala como é difícil conseguir garotas com o furgãozinho da Fiat e acha que tudo seria mais fácil a bordo de um Land Rover.

            • "De Land Rover é fácil, é mole, é lindo
            • Quero ver jogar a gata no fundo da Fiorino"

              O Calhambeque - Roberto Carlos

              Um dos sucessos mais clássicos de Roberto Carlos mostra o inverso dos sertanejos. Apaixonado por seu Cadillac, ele precisa deixar o carro na oficina e, muito contrariado, passa a circular com um calhambeque "todo velho que por lá apareceu". Mas ele se afeiçoa ao automóvel, que chama mais a atenção dos "brotos" pelas ruas.

              • "Mas o Cadillac finalmente ficou pronto
              • Lavado, consertado, bem pintado, um encanto

                Mas o meu coração na hora exata de trocar

                O calhambeque, bip, bip

                Meu coração ficou com o calhambeque"

                 

                Comentários