Carro elétrico: conheça os conectores de recarga

Veja quais são os diferentes padrões utilizados ao redor do mundo e também no Brasil

  1. Home
  2. Dicas
  3. Carro elétrico: conheça os conectores de recarga
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A padronização dos conectores de recarga de carros elétricos é uma discussão que já rende, há algum tempo, pano para a manga. Fabricantes europeus defendem o uso de um, enquanto norte-americanos, japoneses e chineses optam por outros plugues. Assim, o salseiro está formado na cabeça de quem quer comprar um eletrificado.

A fim de sanar algumas dúvidas de quem deseja adquirir um veículo elétrico, mas tem medo de ficar na mão na rua, mostramos os diferentes tipos de conectores de recarga. Vale destacar que, atualmente, é possível driblar a conectividade com, por exemplo, adaptadores. No entanto, é bom ficar ligado às possibilidades, né?

Confira os diferentes tipos de conectores de recarga de carros elétricos

SAE Tipo 1

Esse conector de cinco pinos é um padrão nos Estados Unidos e Canadá, e pode ainda ser encontrados em versões de primeira geração do Nissan Leaf, do Chevrolet Volt e do Kia Soul EV. Postos antigos aqui no Brasil ainda têm esse sistema. Na Europa, ele foi substituído pelo SAE Tipo 2. Também chamado de SAE J1772, o carregador tem tensão monofásica de 120V ou 240V e potência de até 19,2 kW.

Sae Tipo1
SAE Tipo 1 é padrão nos Estados Unidos
Crédito: Reprodução da Internet

SAE Tipo 2

Com plugue de sete pinos, é o tipo mais comum na Europa – e, por conseguinte, também por aqui. Assim como o Tipo 1, foi desenvolvido para recargas lentas ou rápidas. No entanto, foi feito para sistemas monofásicos e trifásicos entre 250V e 400V. Outro diferencial do Tipo 2 ante o 1 é que o conector pode ser travado no carro. Dessa forma, não há risco de que alguém desconecte o veículo enquanto o condutor não vê.

No Brasil, modelos plug-in híbridos e o Renault Zoe são compatíveis com o Tipo 2, que tem potência máxima de 43 kW. O sistema também é conhecido como Mennekes, nome da empresa alemã que desenvolveu o conector.

Mennekes
Mennekes virou padrão no continente europeu
Crédito: Divulgação

CCS Tipo 1

O Combined Charging System (CCS) Tipo 1 é uma evolução do SAE Tipo 1 e o tipo mais popular de recarga rápida. A maioria dos novos modelos puramente elétricos têm esse soquete. Ele combina os cinco pinos do último com conector DC abaixo dos plugues AC. Dessa forma, o sistema tem retrocompatibilidade com postos que oferecem recarga em corrente alternada. O CCS Tipo 1 tem potência máxima de 125 kW entre 200V e 600V.

Ccscombo1
CCS Combo 1 é uma evolução do Tipo 1
Crédito: Divulgação

CCS Tipo 2

O CCS Tipo 2 nada mais é que uma evolução do SAE Tipo 2, com sete pinos e duas entradas para corrente contínua. O sistema tem potência máxima e 170 kW e suporta até 850V. Assim como o CCS Tipo 1, tem retrocompatibilidade com postos que têm tomadas SAE Tipo 2.

Ccscombo2 conectores carro elétrico
CCS Combo 2 também é uma evolução, mas do Tipo 2
Crédito: Reprodução

GB/T

O padrão chinês tem duas versões. Uma é de corrente alternada, com voltagem entre 220V e 440V. Tem potência máxima de até 14,08 kW. Já a outra é de corrente contínua e fornece até 187,5 kW de potência entre 400V e 750V. O sistema usa, ao contrário do Tipo 2, plugues macho no cabo e fêmea no veículo. No Brasil, vemos o GB/T em carros importados da China, como o JAC iEV40.

GB/T é o padrão em veículos produzidos na China
Crédito: Divulgação

ChaDeMO

O padrão japonês ChaDeMO ("Charge De Move") foi um dos primeiros sistemas de carregamento rápido DC. Datado de 2010, ainda é muito utilizado pelos fabricantes do país asiático. O sistema exige dois plugues separados para recarga rápida e lenta, um ChaDeMO e soquete que pode ser Tipo 1 ou Tipo 2.

O conector tem potência máxima de 60kW e voltagem de 500V. Ele é capaz de transportar corrente elétrica em duas direções e, na prática, pode transferir energia do carro para, por exemplo, a sua casa. No Brasil, apenas postos de grande porte tem o ChaDeMO.

ChaDeMO foi desenvolvido no Japão e adotado por fabricantes do país
Crédito: Reprodução da Internet

Tesla Supercharger

Este é o conector exclusivo dos veículos produzidos pela empresa do bilionário Elon Musk. Ele consegue atuar tanto em corrente alternada quanto contínua, e tem potência máxima de 250 kW. Há adaptadores, vendidos pela própria Tesla, para conectores Tipo 1 e ChaDeMO. Além disso, tem compatibilidade com tomadas Tipo 2.

Supercharger é exclusivo para veículos produzidos pela Tesla
Crédito: Divulgação
Comentários