Cinco dicas para os principiantes no off-road

Quer fazer uma boa trilha, mas não sabe como proceder? Deixamos aqui alguns toques legais para você não se dar mal

  1. Home
  2. Dicas
  3. Cinco dicas para os principiantes no off-road
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Certa vez, um amigo, marinheiro de primeira viagem, me pediu dicas para fazer off-road. Me perguntou se podia fazer uma trilha numa boa com o seu Ford EcoSport. A resposta para esse questionamento pode parecer simples, mas não é tão direta e reta assim. Muitos fatores devem ser levados em consideração. O camarada em questão, contudo, não estava a par disso. Não à toa, seu carro ficou preso na primeira poça de lama.

A fim de evitar esse tipo de problema, temos de ficar atentos às variáveis. Principalmente quando se é iniciante. Para dar aquela força, separamos cinco importantes dicas para quem trilha os primeiros passos no off-road.

A elaboração dessa listinha contou com a (grande) ajuda do Luís Fernando Carqueijo, instrutor de off-road altamente gabaritado. Ele fez questão de frisar, inclusive, que todas elas se complementam. Ou seja, não adianta seguir à risca duas das cinco. O ideal é fazer tudo direitinho, dentro dos conformes.

Cinco dicas para principiantes no off-road

1. Evite fazer trilha sozinho

Essa é direta e reta. Ao encarar uma trilha solitário, com um único carro, você pode enfrentar alguns problemas e não ter como, literalmente, sair deles. Quando nos aventuramos pelo menos com algum outro veículo, ou em comboio, as coisas ficam mais fáceis. Especialmente na hora de fugir daquele atoleiro brabo que te pegou de jeito. Em suma: quanto mais carros - e braços - melhor.

2. Tenha sempre em mãos os equipamentos necessários

Não adianta estar em dois ou mais carros na trilha se faltarem equipamentos. Se você não tiver itens próprios para reboque e remoção, de nada adianta estar em uma turma. Luís Fernando Carqueijo indica que você sempre leve consigo uma cinta de reboque, apropriada para tal, e anilhas (ou manilhas), que prendem a cinta no gancho de reboque do carro.

Além disso, o instrutor recomenda que o trilheiro não esqueça outros equipamentos. Pá, facão, lanterna e capa de chuva estão entre os itens que se fazem necessários.

3. Conheça muito bem veículo e equipamentos

Outra de nossas dicas fundamentais para quem é iniciante no off-road é a obrigatoriedade de conhecer muito bem veículo e equipamentos. De nada adianta você ter um guincho já instalado no carro, por exemplo, se não souber utilizá-lo, manipulá-lo.

"Se você não conhecer seu veículo, pode, às vezes, se aventurar numa trilha que é demais para ele", acrescenta Luís Fernando Carqueijo. "Você deve compatibilizar o tipo de aventura que quer fazer com o carro e o tipo de equipamento que tem", completa.

Land Rover Defender dicas off-road
Conheça muito bem veículo e equipamentos para não ficar na mão
Crédito: Divulgação

Carqueijo também diz ser importante andar com um grupo de amigos que tenha experiência, ou fazer algum tipo de treinamento a fim de entender automóvel e equipamentos. "A gente encontra, inclusive, muita coisa legal na internet. Só que é preciso saber filtrar", alerta.

A experiência, porém, não é adquirida somente por meio dos companheiros. O desenvolvimento de conhecimento e técnicas, você ganha conforme investe mais tempo no andar, nas trilhas, diz Carqueijo. "Você vai comprar um livro sobre basquete, ler e já sair jogando como o Michael Jordan? Não. Vai ter teoria, mas não vai ter prática. No caso do off-road é a mesma coisa", ressalta.

4. Se prepare para os imprevistos

Beleza. Você sabe dia e hora em que vai começar a trilha. Certo? No entanto, a hora da brincadeira acabar é incerta. "Muita coisa pode dar errado. Pode furar um pneu, o carro atolar, dar chuva no meio. Por isso, leve bebidas, comidas e roupas secas, adequadas para a época do ano", sugere Carqueijo.

Uma das dicas para quem quer levar o off-road numa boa é sempre checar a previsão do tempo antes de partir para a aventura. Além disso, vale também estudar sobre a região e a área onde você vai andar a fim de não ser pego de surpresa de forma tão intensa e abrupta.

5. Analise com calma terreno e situação

Para fechar, se faz necessário analisar com calma terreno e diferentes situações. "Você sempre tem de pensar no que pode dar errado. Assim, você evita problemas com mais facilidade e não coloca a integridade de pessoas e veículos em risco", salienta Luís Fernando Carqueijo.

O instrutor dá uma diquinha fundamental: para antever esses galhos, ajuda muito descer do veículo e caminhar sobre o terreno onde pretende passar com ele. "Nem sempre do carro se tem a análise perfeita. Se estiver escorregadio para você andar, por exemplo, se está difícil para você, pode ser muito mais complicado para o carro passar, pois ele tem muito mais peso.

Jeep Wrangler Rubicon dicas off-road
Antes de encarar um trecho mais complicado, não deixe de analisar a situação
Crédito: Divulgação

Carqueijo também destaca a importância de estar atento às capacidades do veículo, aos seus ângulos de entrada, saída, vão livre do solo e capacidade de travessia. Além disso, não se esqueça de verificar se existem locais para prender os equipamentos ao redor. Em muitas oportunidades, iniciantes encaram um terreno sem checar esse tipo de coisa. Além de ficarem presos numa enrascada, também atrapalham (e muito) a vida do carro de resgate.

Comentários