Manutenção preventiva do carro: quando fazer?

Você já fez serviço de revisão de resguardo? Sabe quais são suas vantagens? Conheça essas e outras informações agora

  1. Home
  2. Dicas
  3. Manutenção preventiva do carro: quando fazer?
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Todos os motoristas — ou a maioria deles — querem sempre o melhor do veículo, concorda? Se sua resposta foi sim, algo que sempre deve ser feito é a manutenção preventiva do carro.

Mas, o que é isso? Quando fazer? Quais as vantagens? Descubra as respostas para todas as dúvidas aqui no WM1.

O que é manutenção preventiva do carro?

Não importa o modelo, marca ou tamanho. Todo veículo precisa passar por olhares de especialistas para evitar futuros problemas. Ou seja, a quem se pergunta sobre o que é manutenção preventiva do carro, de maneira resumida,  ela serve para acompanhar a "saúde" do veículo.

Em carros seminovos, com cerca de três anos, diversas peças de uso contínuo começam a apresentar desgaste natural. Nesse ponto, o papel da manutenção preventiva é acompanhar esse gasto para apontar o momento dessas peças serem substituídas antes que o problema se agrave.

Já em carros usados e mais antigos, a atenção com a mecânica deverá ser redobrada, pois o maior tempo de uso pode resultar em quebras e falhas inesperadas. Portanto, além das peças novas, que vão substituir as desgastadas, é necessário acompanhar o conjunto inteiro por já ter sofrido um desgaste maior.

Nos carros zero quilômetro, como são novos, o acompanhamento que deve ser feito de manutenção preventiva são as revisões indicadas pelo fabricante no manual. Realize todas dentro das datas informadas (seja por tempo ou por distância percorrida) e prolongue a vida útil do seu modelo.

Ford Oficina
Manutenção preventiva é mais barata que a corretiva e ainda oferece mais segurança ao rodar
Crédito: Divulgação

Manutenção preventiva x manutenção corretiva

Você, motorista, pode corrigir os problemas do seu veículo de duas formas diferentes: quando alguma peça quebra ou apresenta falhas (manutenção corretiva) ou de maneira periódica, antes de algum componente parar de funcionar (manutenção preventiva).

Infelizmente, a maioria dos brasileiros, donos de carros seminovos fora da garantia e usados, fazem parte do "time" da manutenção corretiva. Com isso, os custos para a correção das falhas ou substituição das peças tendem a custar mais caro em comparação aos ajustes realizados de maneira preventiva.

Portanto, é importante criar o hábito de frequentar um profissional especializado para que ele acompanhe a saúde do seu carro e indique quaisquer possíveis problemas que venham a ocorrer. Confira abaixo quais são as peças e serviços essenciais de uma manutenção preventiva, além de suas vantagens.

Imagem mostra um homem fazendo anotações na prancheta durante a revisão de um carro
É importante acompanhar a "saúde" de seu carro com profissionais especializados
Crédito: iStock

O que é importante acompanhar no seu carro?

Agora que você já sabe da importância da manutenção preventiva, entenda quais componentes devem ter uma atenção especial. Além desses, citados abaixo, todos os outros itens do carro vão precisar de uma avaliação periódica.

Antes de tudo, é importante que o motorista leia o manual para entender particularidades do seu veículo - como a troca do óleo, por exemplo, que vai variar de acordo com o modelo e o tipo de lubrificante. Listamos os que necessitam de acompanhamento ou troca imediata:

Filtro de combustível: a cada 15 mil a 20 mil quilômetros;

Óleo lubrificante do motor: a cada 10 mil a 15 mil quilômetros ou um ano;

Filtro de óleo: sempre que trocar o óleo;

Filtro de ar: sempre que trocar o óleo;

Limpeza do ar-condicionado: ao menos uma vez ao ano;

Líquido de arrefecimento: a cada dois anos;

Fluido do freio: seis meses a um ano;

Sistema do freio (discos, pastilhas e outras peças): a cada 10 mil km;

Fluido da transmissão: 50 mil a 100 mil km ou 2 a 4 anos;

Correia dentada: a cada 50 mil a 100 mil km;

Alinhamento dos pneus: 10 mil a 20 mil km ou em cada rodízio de pneus;

Pneus: verificar a validade do fabricante e o desgaste dos sulcos;

Velas: avaliar a partir 30 mil km.

Quando trocar o óleo do carro: homem faz a troca do carro
Vai trocar o óleo? Siga as recomendações da fabricante no manual do proprietário
Crédito: iStock

Quais são as vantagens da manutenção preventiva?

Depois de fazer todas as anotações sobre as peças do carro que precisam de uma avaliação periódica, conheça algumas das vantagens por trás da manutenção preventiva. Por fim, cuidar do seu carro e antecipar futuros problemas irá trazer apenas benefícios e economias no dia a dia!

1. Prolongar a vida útil do carro

A principal vantagem com a execução da manutenção preventiva é a possibilidade de prolongar a vida útil do seu modelo. Com a substituição das peças dentro do período ideal e o acompanhamento de outros componentes, as chances de o modelo seguir em pleno funcionamento por anos aumenta.

2. Economia em relação à manutenção corretiva

Como mostramos acima, os gastos com a manutenção corretiva são muito maiores que os realizados na preventiva. Por isso, para quem evita altos custos e procura economizar, procure seguir todas as recomendações mecânicas citadas ao longo do texto - e as do manual do proprietário.

3. Melhor desempenho mecânico

Além de poder contar com um mecânico de confiança (principalmente após o fim da garantia do veículo) para todos os ajustes, estar com o carro sem nenhum problema em suas peças resulta em melhor desempenho e também em melhor consumo de combustível. No fim das contas, o que todos querem é rodar sem barulhinho ou problema, né?

4. Economia de combustível

Como você pôde acompanhar na lista, algumas das peças estão diretamente ligadas ao conjunto de combustível do veículo. Portanto, mantê-las em pleno funcionamento irá garantir que não existam vazamentos ou falhas e resultará em economia com o consumo, o que também ajuda bastante financeiramente, não é mesmo?

5. Maior segurança

Com todos os reparos realizados de maneira preventiva, motorista e passageiros sempre vão estar em um veículo com mais segurança. Pois assim, a probabilidade de problemas e falhas com o carro diminuem drasticamente. Essa segurança é mais  importante, principalmente, em viagens longas.

6. Menor risco de multas

Por fim, mais uma vantagem da manutenção preventiva é evitar possíveis multas ou até mesmo a apreensão do veículo. Como citamos, o conjunto de pneus deve ser avaliado periodicamente e caso não esteja dentro das recomendações, além dos riscos de segurança, o motorista poderá cometer infrações no código de trânsito.

Encontre todas as opções na Webmotors!

Agora que você já sabe a importância da manutenção preventiva do carro, conheça nosso catálogo de opções e encontre o modelo ideal para você. Caso precise de ajuda na hora de comprar, tenha o apoio do Santander Financiamentos, parceiro da Webmotors para os clientes que desejam realizar o sonho do carro próprio.

Comentários