Achei na Webmotors: Chevrolet Monza 1990

Por menos de R$ 10 mil, sedã da General Motors já pode até ganhar a cobiçada placa de colecionador a partir de 2020

  1. Home
  2. Bolso
  3. Achei na Webmotors: Chevrolet Monza 1990
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Com a virada para 2020, diversos carros antigos chegaram na idade para ostentarem a placa de colecionador. É exatamente este o caso do Chevrolet Monza que ilustra essa matéria. De 1990 e por menos de R$ 10 mil, o modelo é uma ótima oportunidade para quem deseja começar uma coleção.

Apesar da falta de detalhes no anúncio, as fotos mostram bem o estado do carro. A conservação e originalidade do Chevrolet Monza 1990 aparentam estar perfeitas. Esses dois quesitos são primordiais para se obter a placa.

icon photo
Legenda: Chevrolet Monza 1990 com motor 2.0 é o nosso achado e já pode ser carro colecionável
Crédito: Reprodução Webmotors

Antigamente conhecida como placa preta, a identificação de colecionador é concedida a carros com 30 anos de idade. Eles têm de estar em bom estado de conservação e com, no mínimo, 80% de originalidade.

O laudo é emitido por clubes certificados na Federação Brasileira de Veículos Antigos. A partir daí, basta ir ao Detran do estado e solicitar as novas placas, além da alteração no documento.

Xodó na garagem

O Chevrolet Monza 1990 anunciado acaba de estar apto para tal. A carroceria e a pintura estão impecáveis, assim como o interior, que tem o estofamento sem qualquer rasgo. O único ponto não original aparente é o engate no para-choque traseiro.

Por menos de R$ 10 mil, esse Monza é uma ótima porta de entrada para quem deseja começar uma coleção. Ou até mesmo ter um xodó para cuidar em 2020.

icon photo
Legenda: Interior do Chevrolet Monza 1990 anunciado na Webmotors aparenta estar impecável
Crédito: Reprodução Webmotors

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors