Álcool aumenta 10 centavos, mas preço deve voltar ao normal

  1. Home
  2. Bolso
  3. Álcool aumenta 10 centavos, mas preço deve voltar ao normal
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O preço do álcool teve nova alta na semana passada. Segundo a pesquisa da ANP Agência Nacional do Petróleo, o aumento médio do combustível no Brasil foi de 5,42%, chegando a R$ 1,981 por litro, ou seja: ele ficou 10 centavos mais caro. E m São Paulo o álcool subiu 4,7% na semana passada. O valor médio nos postos do estado é de R$ 1,786.

Com os sucessivos aumentos de preço, o álcool foi menos consumido nos últimos 15 dias. De acordo com dados do Sincopetro Sindicato do Comércio Varejista de Derivado de Petróleo do Estado de São Paulo, a queda na procura foi de 23%.

Segundo especialistas, o problema já está em vias de ser amenizado. A Unica União Canavieira Agro-industrial acredita que, até o final de abril, aconteça a moagem de 20 milhões de toneladas de cana, sendo 63% desse total destinado à produção de álcool. O efeito, no entanto, poderá começar a ser sentido nos próximos dias, já que muitas usinas estão antecipando a moagem em 15 dias. No próximo mês o volume do combustível deve aumentar de 850 milhões para 900 milhões de litros.

A gasolina também teve aumento de preço médio, reação à mudança em sua fórmula, que desde o início do mês tem menos álcool em sua composição. A alta na semana passada foi de 2%. O derivado do petróleo estava custando R$ 2,589 por litro. Em São Paulo o valor chegou a R$ 2,473.

Outro que voltou a subir foi o gás natural veicular GNV. Depois de ficar estável na última pesquisa realizada pela ANP, o preço médio do metro cúbico do combustível chegou a R$ 1,203, o que representa alta de 1,86% em relação à semana anterior.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors