Ar-condicionado em carro usado vale a pena?

Mostramos quanto custa e como instalar um sistema de climatização em seu carro seminovo ou usado mais velhinho

  1. Home
  2. Bolso
  3. Ar-condicionado em carro usado vale a pena?
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ar-condicionado deixou de ser um equipamento de conforto faz tempo e há muitos anos também passou a ser um item de segurança. É só rodar com um carro sem ar na chuva forte para saber que estamos certos. Disso, vem a pergunta: dá para instalar ar-condicionado em carro usado que não tenha o equipamento originalmente? Pense sobre isso para quando a quarentena acabar, ok?

É seguro? Quanto custa? Onde instalar? Como pedir garantia? Acredite: o equipamento, que também é um dos mais queridinhos do público brasileiro, principalmente no verão, se tornou fundamental na compra de um carro 0 km e até requisito de revenda. Vamos responder todas essas dúvidas, agora.

É caro!

Vamos começar pelo preço porque essa talvez seja a pior notícia. Instalar ar-condicionado em carro seminovo é caro! O preço mais barato que encontramos em oficinas de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre, antes do início da quarentena, foi de R$ 3,5 mil - isso porque o valor foi arredondado.

A coisa fica ainda pior em carros mais velhos, chamados pelas lojas instaladoras de "especiais" - de modo geral, automóveis dos anos 1960 a 1990. Nesse caso, o valor vai de R$ 4.500 a R$ 5 mil. "O preço varia, pois precisamos adaptar o equipamento a cada carro e isso exige mais atenção, tempo e trabalho", explica Wellington Barbosa, da Friauto, de São Paulo (SP).

Ao menos o preço já inclui a mão-de-obra do serviço. A instalação do ar-condicionado em um Volkswagen Gol G5 2008, por exemplo, não sai por menos de R$ 3.500. Importante registrar que o procedimento é 100% seguro, já que os equipamentos são originais - não existe compressor de ar-condicionado "paralelo".

A instalação do sistema de climatização pode ser feita por oficinas das próprias concessionárias (mas não é toda marca que faz esse tipo de serviço) ou em lojas especializadas. A maioria delas oferece um ano de garantia para o produto, mas vale pedir e chorar por mais tempo.

Novo Onix Plus Premier 25
icon photo
Legenda: Ar-condicionado com display é visto somente no equipamento vindo de fábrica
Crédito: Divulgação

Pode demorar dias

Quem optar por fazer a instalação do ar-condicionado em carro usado pode ter que esperar um tempo, pois há fila na maioria das lojas - ou, pelo menos, havia antes do começo da quarentena.

"O tempo médio depende da demanda. Até daria para começar a fazer o serviço na manhã de um dia e terminar no final da tarde, mas não é tão simples porque precisamos refazer toda a conexão elétrica. Então, normalmente, pedimos de dois a três dias", explica Barbosa, da Friauto. O tempo médio pedido por cada lugar que a equipe do WM1 consultou foi de três dias úteis.

Fique atento também ao tempo de garantia do automóvel oferecida pelo fabricante. Instalar ar-condicionado em carro usado de forma independente pode resultar em perda parcial ou total da garantia de fábrica.

 Ar-condicionado em carro usado: instalação pode demorar porque é preciso desmontar painel e sistema elétrico
Legenda: Ar-condicionado em carro usado: instalação pode demorar porque é preciso desmontar painel e sistema elétrico
Crédito: André Deliberato/WM1

Serviço

Veja abaixo os preços dos principais componentes de um sistema de ar-condicionado.

O preço de ter ar-condicionado no carro

Compressor (pare reposição)
de R$ 1.000 a R$ 1.500
Filtro do ar-condicionado
de R$ 30 a R$ 60
Preço da instalação
de R$ 3 mil a R$ 5 mil
Preço da instalação
de R$ 3,5 mil a R$ 5 mil
Comentários