Besta GS Grand passa por sua primeira reestilização

Após quatro anos, Kia apresenta van com novo design
  1. Home
  2. Bolso
  3. Besta GS Grand passa por sua primeira reestilização
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

-
As alterações no desenho frontal, no sistema de freios, na calibragem da suspensão, no sistema de refrigeração de motor, na grade dianteira do pára-choque, a introdução de rodas aro 15”, além de novo painel, são algumas das principais inovações apresentadas pela Besta GS Grand, que também ganhou 8 cm no comprimento 5.550 mm x 5.470 mm e 2,5 cm mais na altura 2.085 mm x 2.060 mm. A largura foi mantida em 1.810 mm, assim com a distância entreeixos em 2.980 mm.

O preço inicial foi mantido em relação ao modelo anterior preço de R$ 61.490,00, em sua versão sem ar condicionado.

De acordo com a Kia, a mudança visual transferiu à Besta GS Grand 16 passageiros e à Besta SV Grand furgão características técnicas de segurança, na medida em que, em lugar de “cara chata”, a van ganhou uma “frente”, aumentando a área de absorção de energia em caso de impacto.

A motorização da Besta GS Grand não sofreu alteração. Permanece com um propulsor de 3 litros, movido a Diesel, com 85 cavalos de potência a 4.000 rpm. As principais alterações técnicas ficaram por conta da introdução do aro 15” e do novo sistema de frenagem.

No interior da Besta GS Grand, um novo painel e atualização nos detalhes de acabamento. A nova van ganhou também porta lateral corrediça com trava de segurança. Na versão SV Grand, a Besta proporciona capacidade volumétrica de 7.500 litros.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors