Brasil fecha 2009 com 3,14 milhões de carros vendidos

Melhor resultado da história deve ser superado por 2010, com 3,4 milhões de unidades licenciadas
  1. Home
  2. Bolso
  3. Brasil fecha 2009 com 3,14 milhões de carros vendidos
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Conforme o esperado, o ano de 2009 se transformou no de melhor resultado em todos os tempos para a indústria automobilística brasileira. Foram vendidos 3,14 milhões de veículos novos, número 11,4% melhor que o de 2008. Para 2010, a expectativa é chegar às 3,4 milhões de unidades licenciadas.

A nota curiosa é que a produção total de veículos, segundo a previsão, ficará em 3,39 milhões de unidades. Isso dá 10 mil carros produzidos a menos do que os que serão vendidos em 2010. Em outras palavras, indica que o Brasil vai comprar mais carros do que produzirá. É um sinal claro do aumento de importância dos importados no mercado nacional.

Em 2009, eles representaram 15,6% de todos os automóveis vendidos no Brasil. Em 2010, considerando que, dos 3,39 milhões produzidos, 530 mil deverão ser exportados, 540 mil veículos importados devem desembarcar nas garagens brasileiras, um aumento do bolo para 18,9%. E esse número deve crescer ainda mais.

Segundo Jackson Schneider, presidente da Anfavea Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, diversos estudos que ele recebeu no final de 2009 apontam o Brasil e a China como os mercados futuros mais interessantes do mundo. Nem poderia ser diferente: com um mercado superior a 3 milhões de unidades, o Brasil interessa não só a quem produz aqui, mas também a quem está com a fábrica ociosa e precisa vender mais para alguém.

Schneider acredita que as vendas no país se darão mais em segmentos dos quais as fabricantes instaladas aqui não participam, mas a ofensiva estrangeira, já encabeçada por Hyundai e Kia, deve se agravar com a chegada de novas empresas, como a JAC Motors, chinesa, e outras. Se ela é restringida pela altíssima alíquota de importação, de 35%, é estimulada pelo real forte diante de outras moedas. A JAC será representada pelo grupo SHC, de Sérgio Habib, executivo que entende do riscado.

2009

Além de bater o recorde do mercado interno, a indústria nacional quase conseguiu empatar com o recorde anterior de produção, de 2008. O Brasil produziu 3,18 milhões de veículos no ano passado, contra 3,22 milhões no retrasado.

A explicação para a queda está nas exportações, que despencaram em 35,3% no total. A crise internacional, que afetou bastante o setor de caminhões e ônibus, foi o principal fator para a queda, além do real valorizado.

Prova disso é que a produção de veículos montados cresceu em 0,9%. A de desmontados, os CKD, importante produto de exportação brasileira, caiu 36%.

_________________

Twitter
_________________

Gosta de carros de bom preço?

Então veja aqui no WebMotors a oferta dos modelos mais baratos do Brasil:

Fiat Mille

Ford Fiesta

VW Gol 1.0

Fiat Palio 1.0

Chevrolet Celta 1.0

Leia também:

Renault confirma Duster, mas só em 2011

Forest Trade trará Ford Racing e Shelby Cars ao Brasil

Fritz Henderson, CEO da GM, é convidado a se retirar

De Tomaso, mãe do Pantera, estará de volta em 2011

Koenigsegg desiste de comprar a Saab

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors