Caminhões: Iveco Stralis NR ganha câmbio automatizado de 16 marchas

Com o novo modelo, a gama chega a 22 versões, sem contar as possíveis variações de eixos e entre-eixos
  1. Home
  2. Bolso
  3. Caminhões: Iveco Stralis NR ganha câmbio automatizado de 16 marchas
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Em 2005, a Iveco lançava no mercado brasileiro a família de caminhões Stralis. Os destaques da linha eram a cabine robusta e boa distância, superior aos dois metros de altura, marcada entre o piso e o teto. Logo depois, três anos mais tarde, a primeira reformulação da família Stralis ocorreu. Atualmente, uma das poucas críticas da família Stralis no mercado de caminhões usados está relacionada ao consumo elevado de combustível, principalmente se comparado com a concorrência. Com o objetivo de mudar esse conceito, a Iveco apresentou o novo Stralis NR Eurotronic equipado com câmbio automatizado de 16 marchas. De acordo com as medições da marca italiana, o conjunto de motor e transmissão ampliará em até 7% a economia de combustível, principalmente se comparado ao modelo equipado com câmbio manual.

O Iveco Stralis NR Eurotronic pode vir nas versões 4x2, 6x2 e 6x4. “A expectativa é vendermos mais de 3 mil unidades do Iveco Stralis NR Eurotronic no Brasil em 2011”, informa Alcides Cavalcanti, diretor de vendas e marketing da Iveco. Esse volume corresponde a cerca de 40% do volume total da gama Stralis NR previsto para o ano. Conforme estimativas da Iveco, 40% dos caminhões do segmento de extrapesados vendidos em 2010 saíram de fábrica com esse tipo de equipamento.

Como funciona a transmissão?

Desenvolvida pela a ZF, a caixa automatizada funciona por meio de teclas no painel com a tradicional nomenclatura “D”, “N”, “R”. Basta apertar a tecla D e acelerar para que o caminhão comece a andar. A tecla “D” coloca em operação as 16 velocidades à frente. Com a tecla “N” aciona-se o ponto morto. E com a tecla “R” entram as duas marchas à ré. Quando o motorista precisa manobrar em espaços reduzidos, engatar ou desengatar um implemento ou dar ré para entrar numa doca, aperta-se a tecla “D” ou “R” por dois segundos e, assim, aciona-se o modo slow, que troca marchas em ritmo mais lento, evitando acelerações bruscas ou trancos, garantindo a precisão da manobra.

O sistema ainda emprega uma alavanca multifuncional sob o lado direito do volante, em posição ergonômica. Com ela, pode-se mudar manualmente as marchas: movimentando-a para frente, faz-se a redução; para trás, avançam-se as marchas.

Com o modelo Iveco Stralis NR Eurotronic, a gama Stralis NR chega a 22 versões disponíveis no mercado brasileiro, sem contar as possíveis variações de eixos e entre-eixos. São elas:

POTÊNCIA

TRAÇÃO

CABINE

TOTAL

380cv

4x2 / 6x2

Teto alto e baixo

4 versões

410cv

4x2 / 6x2 / 6x4

Teto alto e baixo

6 versões

460cv

4x2 / 6x2 / 6x4

Teto alto e baixo

6 versões

460cv Eurotronic

4x2 / 6x2 / 6x4

Teto alto e baixo

6 versões

GAMA STRALIS NR

22 VERSÕES

Os Iveco Stralis NR de 460 cv e 410 cv, em 6x2 são indicados para puxar carretas convencionais de 3 eixos espaçados “vanderleia” com até 53 toneladas de PBTC peso bruto total combinado. As versões em 6x4 são indicadas para puxar carretas bitrem de até 57 toneladas de PBTC e rodotrem bitrenzão, chegando a PBTC de até 74 toneladas.
Já o Iveco Stralis 380NR é mais indicado para operar com carretas convencionais de 3 eixos em 4x2 e 6x2, podendo chegar também a PBTC de até 53 toneladas.

*A transmissão automatizada só é aplicada no modelo topo de 460 cv, ele pode vir nas versões 4x2, 6x2 e 6x4

O jornalista Rodrigo Samy viajou à Bahia a convite da Iveco Latin America

Gosta de modelos italianos

Então veja as principais ofertas no WebMotors para o:


Fiat Cinquecento

Fiat Strada

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors