Carro 0 km na garagem, só com mais de R$ 23 mil

O modelo mais em conta do mercado nacional continua sendo o Fiat Mille. O preço dele é equivalente a US$ 14 mil, o preço de um Honda Fit nos EUA...
  1. Home
  2. Bolso
  3. Carro 0 km na garagem, só com mais de R$ 23 mil
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O automóvel brasileiro é caro para a realidade nacional. Para comprar um carro 0 km, um trabalhador que recebe um salário mínimo de R$ 415 tem de juntar todo o seu rendimento durante quatro anos e dois meses, levando em conta a parcela do 13º. E esta conta serve apenas para o usuário que pretende comprar o veículo mais em conta do mercado, o Fiat Mille Fire, que custa R$ 23,18 mil em sua versão básica.

Um dos grandes vilões dos preços altos é a carga tributária. Para ter uma idéia, 30% do valor pago em um veículo é destinado a impostos. Sem eles, o Mille custaria cerca de R$ 17 mil. Comprar um “levaria” três anos de salário mínimo, incluindo o 13º.

Se o valor do Mille sem impostos fosse convertido para euros, ele custaria € 9.780. O automóvel mais barato da Europa é o Dacia Logan com motor 1,4-litro a gasolina. Como o modelo brasileiro, ele só tem carroceria de quatro portas e porta-malas de 510 l. Com impostos, ele custa € 7.600. Ou seja, com o valor que um brasileiro paga pelo Mille, um europeu compra um Logan e ainda leva troco para casa.

O segundo modelo mais acessível do mercado é o novo Ford Ka. Por R$ 25,19 mil quatro anos e meio de salário mínimo com o 13º você sai com ele da loja pronto para rodar.

A vantagem diante do Mille, neste caso, é que o Ka tem um desenho mais moderno. Afinal, ele foi lançado no final de 2007. Vale lembrar que o projeto do novo Ford foi elaborado justamente para bater a liderança da Fiat no segmento popular.

A terceira opção para quem procura carros mais em conta é o Chevrolet Celta. Na versão básica, o compacto da General Motors, sai por R$ 26.128 cinco anos de salário mínimo com o 13º. Não muito longe deste valor aparece outro modelo da Fiat. O Palio sai da concessionária por R$ 26,14 mil.

A quinta opção dos veículos mais baratos do Brasil é o Chevrolet Classic. Por utilizar a antiga carroceria do Corsa Sedan, o automóvel é a opção mais em conta para o usuário que quer um modelo de quatro portas. O valor sugerido do sedã pequeno nas concessionárias de São Paulo é de R$ 26.244.

O Volkswagen Gol é o automóvel mais vendido do país. São cerca de 10 mil unidades do modelo ao mês. Nem por isso ele é o carro mais em conta: fica em sexto lugar. Em sua versão básicam, o campeão de vendas da Volkswagen custa R$ 26,5 mil.

De olho no mercado dos preços baixos a Renault aparece como a única marca fora do grupo das Quatro Grandes Fiat, VW, GM e Ford. A francesa oferece três opções ao consumidor, que variam conforme a carroceria. Um Clio duas portas, o sétimo colocado, tem um valor sugerido de R$ 27,59 mil. Já o sedã Logan só disponível na versão 4 portas, o oitavo, custa R$ 29 mil e o novo Sandero, o nono, também só na versão 4 portas, quase esbarra na casa dos R$ 30 mil R$ 29,99 mil.

O valor acima é equivalente a cinco anos e meio de salário mínimo, incluindo o 13º. Com pouco mais do que isso, R$ 30.018, é possível comprar o décimo colocado da lista, o Chevrolet Corsa.

Vale comprar um zero quilômetro?

Ao sair da concessionária com um carro novo, você deixa para trás, na média, cerca de 10% do valor pago. A desvalorização do modelo Renault Clio chega a ser de 9% e a do Chevrolet Classic de 8%. No caso do Mille a depreciação é de 11%. Quanto menor a procura pelo modelo, mais ele é desvalorizado no mercado de segunda mão. Quanto mais novo, também, uma vez que, entre um seminovo e um novo, uma diferença pequena de preço pesa a favor do 0 km.

Em contrapartida, a desvalorização de um carro novo pode ser substituída pela economia na hora da manutenção. Um carro 0 km vem com todos os componentes novos. Um exemplo prático é o valor de um jogo de pneus, que acaba, com desgaste natural, por volta dos 50 mil km.

Importante para compreender os números

O critério da avaliação da matéria foi buscar os automóveis mais baratos do mercado em suas opções de entrada nos sites das montadoras. Logo, não foram computados os valores de veículos nas versões intermediárias ou com quatro portas. A praça escolhida para todas as cotações foi a do município de São Paulo. Os valores dos fretes não foram incluídos. Todos os automóveis citados utilizam motor de 1 litro. Modelos que se enquadram na classe dos utilitários ficaram fora das cotações. Utilitários da marca chinesa Chana custam menos de R$ 30 mil, assim como o Uno Furgão e a Fiorino.

O valor dos impostos sobre o Fiat Mille foi calculado com a ferramenta Impostômetro www.impostometro.com.br. Estão dentro dos tributos IPI Imposto sobre Produto Industrializado, ICMS Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços e outros.

Colaborou Gustavo Henrique Ruffo


_______________________________


_______________________________

Gosta de carros baratos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas por faixa de preço:

Chevrolet de R$ 10 mil a R$ 20 mil

Fiat de R$ 10 mil a R$ 20 mil

Ford de R$ 10 mil a R$ 20 mil

Renault de R$ 10 mil a R$ 20 mil

Veja algumas matérias sobre os carros mencionados:

Chevrolet Corsa

Fiat Mille Fire

novo Ford Ka

Fiat Palio

Volkswagen Gol

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors