Carros novos registram alta abaixo da inflação

Índice WebMotors: veículo zero-quilômetro teve alta de 2,3% no 1º semestre
  1. Home
  2. Bolso
  3. Carros novos registram alta abaixo da inflação
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

O preço do carro zero-quilômetro no primeiro semestre do ano registrou alta abaixo da inflação para o mesmo período, mostra levantamento realizado pelo Índice WebMotors. Enquanto de janeiro a junho os veículos cadastrados no portal tiveram aumento de 2,3%, o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo) ficou em 3,75 – diferença de 1,45 ponto percentual.

O resultado surpreende de certa maneira, já que nos quatro primeiros meses a valorização dos automóveis apresentava forte tendência de se manter acima da inflação para o período.

Esta elevação inferior às expectativas é, em parte, justificada pela queda no volume de vendas de zero-quilômetro no Brasil, provocada pelo grande número de feriados no primeiro semestre e pela Copa do Mundo realizada no País.

O levantamento do Índice WebMotors utilizou como base os 49 modelos mais vendidos no período, conforme os números divulgado pela Fenabrave (Fcaptionação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

EM QUEDA

De janeiro a junho deste ano, alguns modelos novos ficaram até mais em conta. Destaque para o Ford Focus S 1.6 16V com câmbio manual, que no início do ano custava, em média, R$ 60.067, e seis meses depois teve baixa de R$ 58.496 – queda de 2,4%. Já o Nissan Versa SL 1.6 16V, também com transmissão manual, barateou 2,4%, passando de R$ 45.514 para R$ 44.419. O modelo, diga-se de passagem, deverá passar por atualização em breve, assim como o Nissan New March.

EM ALTA

Na outra ponta da tabela, o Toyota Corolla XEi 2.0 16V automático teve forte elevação do preço – muito pelo fato da chegada da nova geração do sedã médio -, saltando de  R$ 71.720 em janeiro para R$ 77.665 em junho – alta de 8,3%.

Também seguindo uma tendência de reajuste acima do índice da inflação, o Chevrolet Agile 1.4 8V manual registrou aumento de 7,3% nos seis primeiros meses do ano – preço foi de R$ 39.607 para R$ 42.517.

COMO É COMPILADO O ÍNDICE WEBMOTORS

Para a elaboração da análise dos preços de 2014, o Índice WebMotors utilizou informações coletadas em seu banco de dados. O parâmetro considerado foi o universo referente aos veículos usados, com no mínimo seis anúncios diários no site, além dos 49 modelos mais vendidos de acordo com as informações divulgadas pela Fenabrave (Fcaptionação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Nos casos em que os automóveis possuíam mais de uma versão, considerou-se apenas a mais anunciada, tendo como razão o peso ponderado pelo share de vendas do mercado. Além disso, foram excluídos os modelos com valores considerados muito acima ou abaixo do padrão, blindados e com modificações.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors