Como tirar a 2ª via do documento de compra e venda

Perdeu ou teve o CRV do veículo furtado? Para tirar o documento novamente, é preciso pagar taxas e fazer nova vistoria

  1. Home
  2. Bolso
  3. Como tirar a 2ª via do documento de compra e venda
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O CRV (Certificado de Registro do Veículo), também conhecido como documento de compra e venda, não tem porte obrigatório para o condutor, mas deve ser guardado em um local seguro. Na eventualidade de vender seu carro, moto ou utilitário, você irá precisar dele para fazer a transferência para o nome do novo proprietário.

E o que fazer se por acaso você perder ou tiver o CRV furtado ou roubado? Aí é necessário solicitar a segunda via ao Detran do estado onde o veículo foi licenciado. O processo é presencial, realizado em um posto de atendimento do Detran ou, para veículos licenciados em São Paulo, em uma unidade do Departamento Estadual de Trânsito em um Poupatempo – nesse caso, é preciso fazer agendamento eletrônico prévio do atendimento no AgendaSP, por meio do site http://www.agendasp.sp.gov.br.

PAGAMENTOS DE TAXAS E EVENTUAIS DÉBITOS

Antes de agendar a solicitação do documento, porém, você deve comparecer a uma agência bancária credenciada e informar o número do Renavam. Com ele, a instituição bancária emite a guia para quitar a taxa da segunda via, bem como levanta possíveis débitos em aberto referentes ao licenciamento (caso ele não esteja em dia), seguro obrigatório, multas e IPVA. Tudo deve ser quitado nesse momento. A taxa da segunda via é de R$ 204,28.

icon photo
Legenda: CRV Certificado de Registro do Veículo Documento de compra e venda
Crédito: Reprodução

NOVA VISTORIA

Com tudo pago, chegou a hora de fazer a vistoria em uma ECV (Empresa Credenciada de Vistoria), que terá um custo, a depender da companhia contratada para fazer o serviço – o valor pode variar de acordo com a ECV escolhida. A relação das empresas, no caso do Detran-SP, pode ser consultada no site http://www.detran.sp.gov.br/wps/portal/portaldetran/parceiros/pesquisaecvs.

É necessário, ainda, preencher previamente o Formulário Renavam, que você faz no endereço http://formulario.detran.sp.gov.br/Planilha.aspx. Imprima o formulário preenchido e leve com você ao pedir a segunda via em um posto de atendimento do Detran.

SOLICITAÇÃO DA 2ª VIA E DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Após seguir as etapas acima e com o laudo da vistoria em mãos, chegou a hora de comparecer ao posto do Detran portando os seguintes documentos, para então solicitar a segunda via:

  • Documento de identificação pessoal (original e cópia simples)
  • CPF (original e cópia simples)
  • Comprovante de endereço (original e cópia simples de até três meses anteriores)
  • Laudo de vistoria de identificação veicular (original)
  • Formulário Renavam (duas vias originais preenchidas)
  • Comprovante de pagamento de débitos (tributos, multas ou encargos pendentes) - original e cópia simples
  • Em casos de perda do CRV é preciso apresentar declaração de perda/extravio, assinada com reconhecimento de firma por autenticidade, preenchida conforme modelo disponível no portal do Detran (no caso do Detran paulista, o site é www.detran.sp.gov.br)
  • Em casos de furto ou roubo é preciso apresentar o BO (Boletim de Ocorrência)
  • Comentários

    Ofertas Relacionadas

    logo Webmotors