Contratar laudo ajuda a vender seu veículo

Empresas especializadas verificam originalidade, estrutura e situação documental do carro, moto ou utilitário

  1. Home
  2. Bolso
  3. Contratar laudo ajuda a vender seu veículo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Você decidiu vender seu carro, moto ou utilitário. Antes de fazer o anúncio, um bom argumento de vendas é providenciar um laudo veicular, atestando que a originalidade do veículo quanto à numeração de chassi e motor, além de verificar a estrutura, a situação dos documentos e outras informações do histórico.

Esse laudo é emitido por empresas especializadas, mediante um custo adicional, e é conhecido como vistoria cautelar, que não é obrigatória por lei. Os valores cobrados dependem da companhia contratada e basta agendar em uma delas a verificação. O processo é rápido e, após o pagamento pelo serviço, é fornecido um documento impresso com todas as informações que foram checadas, que pode ser apresentado a qualquer momento a potenciais interessados na compra.

icon photo
Legenda: Empresas especializadas verificam originalidade
Crédito: ISTOCK

Em geral, companhias que oferecem o serviço também são credenciadas pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) local para efetuar o chamado laudo de transferência ou vistoria de identificação veicular, este obrigatório em todas as transações de compra, venda e transferência de propriedade.

RESPONSABILIDADE DO COMPRADOR

Esse laudo também tem um custo à parte e deve ser solicitado pelo novo proprietário ou seu representante legal, mediante procuração. Além da inspeção obrigatória, o novo dono tem de arcar com a taxa de transferência, que é de R$ 197,89 no estado de São Paulo - o valor sobe a R$ 285,25 se, além da transferência, for necessário realizar novo licenciamento.

A vistoria de identificação veicular obrigatória, basicamente, verifica se o veículo que está sendo adquirido tem alguma espécie de adulteração como placa clonada, por exemplo. São verificados marca, modelo, cor, lacre de placa, número do chassi e numeração do motor, bem como quilometragem, inclusive com a produção de fotos, que são arquivadas para consulta no site do respectivo Detran.

 A vistoria de identificação veicular obrigatória, verifica se o veículo que está sendo adquirido tem alguma espécie de adulteração
Legenda: A vistoria de identificação veicular obrigatória, verifica se o veículo que está sendo adquirido tem alguma espécie de adulteração
Crédito: ISTOCK

O laudo obrigatório tem validade apenas no estado onde foi emitido e duração de 60 dias. Caso o carro, moto ou utilitário seja reprovado na vistoria de transferência, é possível submeter o veículo a nova inspeção no prazo de até 30 dias, sem a necessidade de pagar novamente a taxa, após a solução das pendências apontadas pelo órgão de trânsito.

Vale destacar também que, antes de iniciar todo o processo de transferência, a cargo do comprador, é necessário que o vendedor realize a comunicação de venda ao Detran, presencialmente em um Detran, de posse de cópia autenticada do CRV (Certificado de Registro do Veículo), o famoso documento de compra e venda, devidamente preenchido com os dados do novo proprietário e firma reconhecida em cartório. Na ausência da cópia autenticada, o vendedor deverá apresentar certidão expedida pelo cartório, identificando o novo proprietário, o antigo e o veículo vendido, constando que o vendedor reconheceu sua firma por autenticidade. Depois do reconhecimento da firma no CRV, a comunicação deve ser realizada em até 30 dias.

icon photo
Legenda: No estado de São Paulo, desde 2014 não é mais necessário ir a um Detran para comunicar a venda
Crédito: Istock

No estado de São Paulo, desde 2014 não é mais necessário ir a um Detran para comunicar a venda - o próprio cartório onde a firma do CRV foi reconhecida é responsável por enviar as informações à secretaria da fazenda e ao Detran do estado onde o veículo foi licenciado. Em São Paulo, a inclusão da comunicação de venda pode ser verificada pela internet em até 72 horas após o registro do documento de compra e venda no cartório.

SEM DOR DE CABEÇA: AUTOPAGO

Para impedir que golpistas se aproveitem de quem está vendendo ou comprando um carro, a Webmotors criou o Autopago. Clique Aqui e conheça os detalhes deste novo serviço.

 Autopago: forma 100% segura de comprar ou vender seu carro
Legenda: Autopago: forma 100% segura de comprar ou vender seu carro
Crédito: Webmotors/WM1

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors