Crise, mas País tem sete fábricas em construção

Além de Jeep e Chery, Honda, BMW, Land Rover, Audi e Mercedes-Benz terão novas plantas
  1. Home
  2. Bolso
  3. Crise, mas País tem sete fábricas em construção
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

Mercado em queda, país em crise, mas ao comemorar um ano da fábrica em Resende, no Rio, a Nissan confirmou o investimento de 2,6 bilhões de reais no Brasil.

Carlos Ghosn, presidente mundial da Nissan, teve que responder diversas vezes a jornalistas da grande imprensa que questionavam um investimento tão grande num momento tão ruim do mercado. Isso na inauguração da fábrica, em abril do ano passado. E Carlos Ghosn pacientemente repetia:

Não estamos investindo para ganhar dinheiro no ano que vem. Se a economia do Brasil não está bem agora, o País tem um imenso potencial. É nisso que estamos investindo: no médio e no longo prazo.

Um ano depois e mesmo com a situação econômica ruim (até pior), a Nissan aumentou o volume vendido em março de 2015 (5.189), em comparação com o mesmo período de 2014 (3.809) e subiu ranking por marca da 11ª posição para a nona colocação.

Para confirmar o acerto de acreditar no futuro, mais cinco empresas estão construindo fábricas no País, além das duas que acabarem de iniciar produção: a Chery em Jacareí e a Jeep em Pernambuco.

A Honda já concluiu as obras civis em Itirapina, onde vai fabricar o Fit e o HR-V.

As outras estão em construção: BMW em Araguari, Santa Catarina, onde vai fazer o Série 1, o Série 3 e o utilitário esportivo X1; A Mercedes-Benz vai se instalar em Iracemápolis, interior paulista, com a produção do Classe C e o jipe GLA; A Land Rover vai produzir o Discovery Sport em Itatiaia, no Rio e a Audi o A3 Sedan e o utilitário esportivo Q3 em São José dos Pinhais, no Paraná; Pra completar, a JAC confirmou a construção da sua fábrica na Bahia.

Comentários