Denatran aponta necessidade da inspeção veicular

Entidade destaca a importância para a realização da manutenção preventiva
  1. Home
  2. Bolso
  3. Denatran aponta necessidade da inspeção veicular
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O diretor do Departamento Nacional de Trânsito Denatran, Ailton Brasiliense Pires, apresentou estatísticas sobre acidentes e inadimplência no trânsito brasileiro que demonstram, sem sua opinião, a importância da implantação de um sistema de inspeção veicular no País. Ele participou nesta quarta-feira de audiência pública da comissão especial da Inspeção Técnica Veicular.

O trânsito, segundo os dados apresentados por ele, mata 30 mil brasileiros por ano, fere outros 300 mil e impõe aos cofres do Governo gastos de cerca de R$ 10 bilhões por ano. Já a inadimplência atinge 30% da frota nacional - em torno de 10 milhões dos 36 milhões de veículos registrados - e provoca um rombo de R$ 5 bilhões na arrecadação.

Todos esses números evidenciam, segundo ele, a necessidade de inspecionar todos os veículos do País, conforme prevê projeto de lei em tramitação na Câmara.

Manutenção preventiva
Para o diretor do Denatran, a inadimplência gera impunidade e isso só vai mudar com a implantação do Programa de Inspeção Técnica de Segurança Veicular, somado a um conjunto de medidas educativas que esclareçam o brasileiro da importância da manutenção preventiva dos veículos.

Ele explicou que a meta do Denatran é começar a inspeção dos veículos, que será obrigatória em toda a frota nacional, a partir do final de 2005. Os carros passarão pela inspeção um vez por ano e pagarão uma taxa que ainda não foi definida, mas estima-se em torno de R$ 100.

Os parlamentares reconhecem a importância de implantar a inspeção para evitar a evasão de receitas e mudar o quadro de violência no trânsito, mas questionam a adoção de mais um imposto, sobrecarregando ainda mais o brasileiro, que já convive com elevada carga tributária.

O relator da Comissão Especial, deputado José Mentor PT-SP, informou que o Governo quer agilizar a votação do projeto de lei que estabelece normas para a inspeção técnica veicular, com o intuito de aprová-lo na Câmara ainda esse semestre.

Atraso
O diretor do Instituto Brasileiro Veicular, Sérgio Seabra Fagundes, ressaltou na audiência que o Brasil vai começar a inspeção com 70 anos de atraso, comparado a outros países da Europa, como a Bélgica, que a implantou em 1933. Seabra informou que o Programa de Inspeção Técnica de Segurança Veicular vai gerar 100 mil empregos diretos e indiretos e terá um impacto na economia equivalente a 1,5% do PIB.

Fonte: Agência Câmara

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors