Dicas de como comprar carros usados com segurança

Veja nossas sugestões e garanta uma compra segura utilizando a melhor parceria durante a negociação!

  1. Home
  2. Bolso
  3. Dicas de como comprar carros usados com segurança
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Está de olho em um seminovo? Ou naquele carro com pouco uso que você achou? Caso você esteja interessado por modelos deste segmento, confira nossas 7 dicas de como comprar carros usados com segurança.

1 - Não confie em preços fora da realidade

Sim, é sempre importante acompanhar os preços e pesquisar pelas melhores condições. No entanto, é fundamental se atentar quando o preço do carro está muito abaixo da média oferecida por ele e não confiar nessas promoções.

Para ter uma ideia de qual o preço da opção que está interessado, tenha como base os valores fornecidos pela Tabela Fipe. Com ela, você pode preencher todas as informações do veículo (marca, modelo, versão e ano) e ter uma base de quanto ele está valendo no mercado de carros usados.

2 - Conheça o carro

Se estiver fazendo a negociação on-line para a compra de carro usado, sempre confira pessoalmente o veículo antes de fechar qualquer negócio. Muitas vezes, as fotos divulgadas no anúncio podem ser antigas ou editadas para ocultar pequenos reparos.

Ao conhecer o carro pessoalmente, se atente para detalhes na pintura e funilaria, na parte interna do veículo (bancos, assoalho e painel) e ao número do odômetro para conferir se bate com o que foi divulgado no anúncio. É importante verificar se há estepe e o kit obrigatório de segurança também.

Mesmo em tempos de coronavírus, você tem a oportunidade de fazer isso. Essa é uma das funcionalidades do CarDelivery, serviço da Webmotors que permite que todo o processo de compra do carro seja inteiramente online: negociação, test drive, pagamento, documentação, financiamento e entrega do veículo na casa do cliente.

3 - Cheque todas as informações sobre o veículo

Não há problema nenhum investigar o histórico do veículo antes de fechar a negociação de compra. Por isso, confira algumas informações importantes sobre o carro que você deseja comprar no mercado de usados.

Verifique a possibilidade de bloqueio

Solicite ao vendedor o número da placa, Renavam e o chassi do modelo para verificar se existe algum tipo de bloqueio por parte do Detran sobre aquele veículo, que possa causar problemas futuros. Caso ele não envie os dados necessários, pode ser um indício de que algo não está certo e precisa ser analisado antes da compra.

Multas e pendências obrigatórias

icon photo
Legenda: Confira todos os dados e pendências que o automóvel possa ter, como multas e impostos atrasados
Crédito: iStock

Como sabemos, todo ano os motoristas devem quitar o pagamento de alguns tributos obrigatórios: IPVA (Imposto sobre propriedade de veículos automotores), Licenciamento e até pouco tempo atrás ainda tinha o DPVAT (Seguro Obrigatório). Portanto, é importante verificar se todos eles foram pagos pelo dono atual.

Também evite assumir multas e pendências do carro após a negociação. Para isso, consulte o portal do Detran com alguns dados do veículo, como placa e Renavam, para verificar se existe algum débito que necessite ser quitado. Caso sim, você pode negociar com o vendedor um abatimento do valor de compra.

Informe-se sobre as revisões

Infelizmente, no Brasil, ainda não existe um hábito de fazer corretamente as revisões no veículo. Por isso, com o tempo, o carro acaba precisando de alguns reparos mecânicos que poderiam ser evitados com o acompanhamento na concessionária.

Portanto, quando estiver em negociação de compra, verifique se as revisões do carro foram feitas dentro do prazo correto. Caso sim, esse será um grande indício de que o veículo está bem cuidado para ser negociado e ficará bons anos sem dar nenhum problema.

Se as revisões do carro não foram realizadas dentro do prazo correto, questione sobre como está o nível do óleo, o tempo utilização dos pneus e se alguma peça instalada no veículo não é original. Caso continue interessado na compra, negocie um desconto pela falta de revisões em dia.

4 - Faça a transferência de registro do carro

Depois de finalizar a negociação de compra do veículo, comece o processo de transferência do registro do carro. Ele deve ser feito em até 30 dias após a venda do automóvel e o vendedor que deve começar o processo - porém, é importante o novo comprador acompanhar.

icon photo
Legenda: Acesse informações do carro pelo computador e acompanhe o processo de transferência do veículo
Crédito: iStock

Não realizar a transferência de proprietário do veículo custa ao antigo dono uma multa. Para realizar a mudança é necessário que o carro não tenha nenhuma pendência. Todo o processo é realizado pelo portal do Detran da cidade que o carro está registrado.

5 - Escolha o melhor parceiro na negociação

Agora que você já sabe como comprar carros usados com segurança, não há nada como escolher o melhor parceiro para te acompanhar durante a negociação e garantir a segurança para os dois lados do negócio: de quem vende e de quem compra.

Pensando nisso, a Webmotors oferece aos seus clientes o Autopago. O serviço protege o dinheiro e garante uma negociação segura para quem compra ou vende um modelo. Conheça mais e escolha uma empresa especializada no assunto.

Encontre as melhores opções na Webmotors!

Caso ainda esteja decidindo sobre qual será o seu próximo modelo, confira as milhares de opções disponíveis no portal de anúncios da Webmotors. Por lá, você irá encontrar diversos veículos de todos os tamanhos e preços para que escolha o melhor para o seu conforto e o seu bolso!

Comentários