Economia brasileira ajudou o automóvel em 2007

O ano foi marcado pelo aumento das vendas de automóveis importados, pelo crescimento das motocicletas e pelo financiamento a longo prazo
  1. Home
  2. Bolso
  3. Economia brasileira ajudou o automóvel em 2007
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A indústria automotiva pode comemorar 2007 de copo cheio. Apesar do razoável crescimento econômico brasileiro o mercado de veículos marcou gols de placa. Além dos lançamentos mundiais, houve cerca de dois novos carros na “praça” por mês, algo que não ocorria há muito tempo. No total foram vendidas 2,2 mil unidades de veículos no Brasil conforme a Anfavea. Já a produção ficou em 2,7 mil.

Durante 2007 o WebMotors ficou antenado sobre tudo que ocorreu no mercado nacional e mundial. O resultado foi mais de 10 mil matérias publicadas, média de 25 notícias por dia.

As primeiras matérias do ano foram relacionadas aos lançamentos mais quentes do Salão de Detroit.

Entre os destaques estavam 30 modelos entre conceitos e automóveis de série. Em seguida, enquanto todos estavam de olho nos “carros” alegóricos do carnaval. O WebMotors sacudia a mídia automotiva com a publicação das imagens exclusivas do Novo Fiesta.

É neste ano a Ford foi notícia. O anúncio da compra da Troller deixou o mercado em expectativa. Afinal, qual era o objetivo da marca americana em adquirir a cearense tão nacional? A fábrica da Troller continua no nordeste e ainda não houve nenhum pronunciamento sobre a aquisição.

Mas o WebMotors gosta mesmo de segredo. Só em janeiro de 2007 foram destacados 10. Entre eles o Volkswagen Golf Variant, BMW Z9, Citroën C5 e Novo Palio, que mais tarde seria apresentado oficialmente em fevereiro.

Mas a banda passava e o WebMotors continuava à frente com segredos e mais segredos. A BMW Série 1 foi um dos modelos mais esperados do primeiro bimestre. E aqui estava ele, em primeira-mão.

Em março de 2007 começaram a pipocar as novidades do Salão de Genebra, Suíça, e oWebMotors não só adiantou muita coisa como elaborou uma cobertura completa do evento. Veja aqui.

Em Genebra também ocorreu a primeira aparição do Fiat Grand Punto, mais conhecido no Brasil como Fiat Punto. Aliás, totalmente conhecido, o modelo é um sucesso de vendas e já deixa as concessionárias de cabelo em pé, cerca de quatro meses de fila de espera.

Para conhecer o lançamento veja duas matérias que o WebMotors fez sobre o Fiat Punto: Fiat Punto 1.4 ELX e Ponto para o grande Punto .

Em seguida ao Salão de Genebra, a Fiat divulgou que estava desenvolvendo um novo projeto baseado no ícone 500 ou “Cinquecento”. Foi outro lançamento mundial da marca que começou a sair do vermelho graças aos seus esforços e o ano de 2007.

Outro segredo que foi desvendado por WebMotors em março foi o Renault Twingo. O pequenino da marca francesa foi flagrado pelas lentes da agência Automedia..

Mencionar Volkswagen Golf é falar de um projeto mundialmente “feliz”, é contar a um público cativo sem limites. O carro alemão é admirado em todos os cantos e por onde passa. Adiantar como ele será então é sucesso certo. Veja a matéria antecipando a futura geração do Golf no Brasil. Repare que ele chegou exatamente como o WebMotors falou.

Ainda em abril dois veículos de peso chegaram a plainar na indústria. O BMW X5 foi testado e o BMW Série 6 foi desvendado. Outro segredo mostrado foi o dos Porsche Boxster e Cayman.

Se as novidades de 2007 não chegaram, como o Fiat Stilo com câmbio robotizado, tudo indica que em janeiro os consumidores poderão comprar o modelo italiano com troca de marchas robotizada, mas seguindo a tendência da concorrência, a Chevrolet mostrou antes o Meriva EasyTronic com sistema sememlhante.

O fim do primeiro semestre contou com uma movimentação dos motores nacionais. Agora, a onda não empurra mais para os automóveis de 1,0-litro. A palavra de ordem são os carros equipados com propulsor de 1,4-litro. A Fiat incorporou a idéia, assim como a Chevrolet com o lançamento da família Ecotec nos modelos Corsa e Montana. Por falar em GM a primeira aparição do Vectra GT ocorreu no WebMotors.

No mesmo período a Ford aderiu o conceito off-road ao Fiesta Trail e a Courier flexível em combustível, a Renault apresentou o robusto Logan e a Mitsubishi comprou o primeiro sistema flexível em combustível para o TR4.

A francesa Citroën mostrou o sedã de luxo C4 Pallas. Uma excelente opção para a categoria por R$ 65 mil. Os segredos, aquilo que WebMotors tem de melhor, não paravam. Cadillac CTS-V, Mercedes-Benz Classe C 63 AMG Touring, Maserati Quattroporte, Alfa Romeo 159 GTA, Honda Accord e BMW X6.

Agosto é um mês teoricamente considerado “morto”, principalmente por não haver nenhum feriado comemorativo ou vinculado a algum dia comercial. Mas a indústria automotiva não estancou. Surge o Fiat Punto, o Chevrolet Omega e as primeiras imagens do Fiat Línea.

O carro que não é para ser considerado de “tiozão” aparece e renova a vida da Nissan por meio do México no Brasil. Além do Sentra chega o Tiida.

Outro segredo que surge para deixar a concorrência de olhos bem aberto é o Citroën C3 Picasso: um versão minivan do compacto que deve chegar em 2009.

No ano em que a montadora Toyota comemorou a liderança mundial, desbancando o grupo General Motors, eis que aparece na tela dos computadores do WebMotors a imagem do futuro Corolla.Setembro é época de Frankfurt, Alemanha, de lá também surgem os principais modelos que movimentam o setor. Como exemplos estavam: BMW Concept X6, Renault Kangoo, novo Ford Focus, Audi RS6, Sandero e Clio Grand Tour.

Em outubro o Brasil recebeu um dos salões mais importantes da América Latina. Trata-se do Salão das Duas Rodas. Este ano foi marcado por grandes transformações no setor das duas rodas. Crescimento acima do normal, novas marcas e tendências focadas na economia de combustível e preservação do meio ambiente. Veja a cobertura do Salão.

Antes de fechar o ano muita coisa rolou. Nasce a segunda geração do Nissan Murano surge em Los Angeles e o Chevrolet Captiva começa a ser vendido na Ámerica do Sul, forte candidato a chegar ao Brasil em 2008.

Enquanto isso, a Renault apresenta o segundo lançamento do ano: o Sandero e o WebMotors testa o automóvel que pode ser considerado o mais rápido e luxuoso nacional, Honda Civic Si.

Já em Detroit, EUA, o Volvo XC60 é flagrado e o Alfa Romeo Junior é visto na Europa.

Para fechar o ano de 2007 perfeitamente, entra na lista de veículos nacionais o novo Ford Ka. Um peso-pesado para enfrentar a hegemonia do Chevrolet Celta e a indecência do Fiat Uno. Um automóvel de entrada que oferece um pouco a mais de sofisticação. Com ele, talvez, o mercado nacional entenda que não é fazendo carro pé-de-boi que se ganha a eleição.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors