Excepcional no asfalto, eficiente em caminhos de terra, tão confortável que remete à luxúria - este

BMW X5 4.4: o luxo eletronicamente administrado
  1. Home
  2. Bolso
  3. Excepcional no asfalto, eficiente em caminhos de terra, tão confortável que remete à luxúria - este
Antonio Geremias
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O novo BMW X5 4.4 talvez seja, ao lado da Mercedes-Benz ML 430, o mais bem acabado exemplo de um novo sub-segmento de automóveis – os SAV, ou Sport Activity Vehicle -, numa tradução capenga, veículos para atividades esportivas. São os carros de alto luxo, com grandes e potentes motores – no caso, um V8 de 286 cv -, tracionados nas quatro rodas permanentemente, com boa altura em relação ao solo, e que podem ser usados em caminhos de terra e terrenos relativamente difíceis.

Relativamente apenas, pois não são verdadeiros fora-de-estrada, como um Land Rover, uma Cherokee Sport, ou um jipe Toyota. O X5 tem excepcionais conforto e ergonomia internos, grandes espaços, carroceria monobloco, ar-condicionado de qualidade e uma grande quantidade de dispositivos eletrônicos que controlam tração, estabilidade, frenagem, descida e subida em ângulos abusados – ou seja, que permitem o uso em rodovias e/ou terrenos não pavimentados mesmo que o dono seja um grande pé-de-breque – ou braço duro, como queiram.

Foi o que mostrou o X5 4.4 ao ser dirigido, primeiro na pista de pouso de um aeroclube em Foz do Iguaçú. Cones delimitavam um trajeto recortado, com curvas bruscas e acentuadas. Mesmo em alta velocidade, o X5 dobrando inteiro, com uma ou outra roda no limite de contato com o solo, a parafernália eletrônica fazia sentir-se, diminuindo a velocidade, acelerando, frenando uma ou duas rodas, consertando saídas de frente ou de traseira. Difícil pagar por um erro. A besteira tem que ser muito grande para o BMW X5 4.4 não perdoar.

Também na terra isso acontece. Mesmo no curtíssimo trecho colocado à disposição dos jornalistas 40 metros de capoeira batida, com uma subida/descida num ângulo quase imperdoável, e outra bem mais suave, foi possível perceber a estabilidade, assim como a eficiência do sistema de controle de frenagem e tração em descidas agudas. Em estradas de terra, a mesma curva feita com o controle de tração ligado e desligado, representa a diferença entre chegar ao destino em paz ou mortalmente assustado...

Projetado para uso principalmente em vias asfaltadas, o X5 dá-se bem em caminhos de terra, principalmente se esta estiver seca. Da mesma maneira, embora seja um prazer dirigi-lo em rodovias, o fabricante tem a expectativa de seu uso seja majoritariamente urbano – de que outra maneira explicar o porta-malas, com espaço para sofríveis 465 litros?

É verdade que em poucas dezenas de quilômetros guiados não se pode avaliar extensamente um veículo, ainda mais este novo conceito. É mais fácil notar de cara as qualidades que perceber os pontos fracos. Mas pode-se apontar o manejo do volante, em situações de velocidade em terrenos difíceis, como um desses pontos. Ele não tem boa pegada, tendendo a escapar. Também o barulho produzido pelo vento quando uma das janelas traseiras está aberta, um subssônico atordoante, é excessivo.

Entretanto, talvez isso seja um pouco de preciosismo. Quem desembolsar R$ 199.000,00 por este carro não vai guiá-lo esportivamente na terra – e dificilmente andará com vidros abertos, desperdiçando o abençoado frescor produzido pelo ar-condicionado.

De série, o X5 traz sistemas como DSC, controle dinâmico de estabilidade, que centraliza e administras as funções de recursos como os freios ABS, o CBC controle de frenagem em curvas, o DBC controle dinâmico de freios e o ASC-X controle automático de estabilidade. A vedete, entretanto, é o HDC Hill Descent Control, controle de descida de colina, em outra tradução manca.

Ele estabiliza a velocidade em descidas fortes – máximo de 8 km/h – e, atuando solidariamente com o ABS e integrado ao DSC, estabiliza o carro tanto lateral quanto longitudinalmente.

Isso tudo sem falar em obviedades como trio elétrico, sensor de chuva, sensor de obstáculo em marcha-a-ré, retrovisor interno anti-ofuscamento, claro...

Veja o interior do BMW X5.


Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors