Ford e General Motors se preparam para nova crise

Medo de uma nova recessão econômica global é motivado pela guerra tarifária entre os Estados Unidos e a China

  1. Home
  2. Bolso
  3. Ford e General Motors se preparam para nova crise
  • Repórter, WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Os Estados Unidos podem estar prestes a entrar em mais um momento de recessão econômica. Por lá, graças a guerra comercial com a China e outras medidas do presidente Donald Trump, a curva de juros a curto prazo ultrapassou a de longo prazo - isso significa que a remuneração de investimentos a curto prazo está maior, no entanto, o risco também, algo que não acontece desde 2005.

Mas o que o mercado de automóveis tem a ver com isso? Para Ford e General Motors, tudo.

A guerra tarifária aumentou os custos de matéria-prima para a indústria automobilística mundial e forçou as duas empresas a se prepararem para uma possível recessão global. A Ford garante ter uma reserva de US$ 20 bilhões para um período de baixa, segundo o diretor financeiro da Ford North American, Matt Fields.

Já a General Motors conta com US$ 18 bilhões em caixa, valor que garante o pagamento de dividendos durante dois anos, segundo o diretor financeiro da empresa, Dhivya Suyadevara, na conferência do banco J.P. Morgan em Nova York.

Tempos severos

A GM se prepara para cenários moderados e severos, escolhendo como modelo o período de 2008-2009, a maior crise econômica recente. Suryadevara não acredita em uma desaceleração iminente, mas garante que estão vigiando para estarem prontos para quando a crise chegar. Uma das armas da GM é se voltar para veículos de preço mais baixo.

A Ford não detalhou seus planos, mas disse que esta avaliando proativamente seus movimentos futuros e já trabalha com economistas para modelar a severidade de uma possível recessão.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors