Ford EcoSport, de olho no Duster, custa menos

Além de preços mais baixos, modelo também oferece garantia de três anos, a mesma que o futuro concorrente Renault deve oferecer
  1. Home
  2. Bolso
  3. Ford EcoSport, de olho no Duster, custa menos
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Maceió, AL - A Ford apresentou na bela capital de Alagoas o EcoSport 2011. Para quem olhar as fotos, a mudança parecerá mera estratégia de mercado, para vender mais do já campeão de vendas, mas é mais do que isso. O EcoSport está mais barato e tem garantia de três anos, uma estratégia clara de defesa contra o futuro Renault Duster, que certamente chegará por preços competitivos e com o mesmo período de garantia.

Outra ameaça ao EcoSport é o Hyundai Tucson, que está começando a ter produção nacional e, por isso, deve ter redução de preço. Sendo maior, mais bem equipado e tendo cinco anos de garantia, ele é outro oponente importante ao reinado do utilitário pequeno da Ford. Reinado sem concorrência, diga-se de passagem, e rei que não é ameaçado fica sempre em dúvida quanto a sua majestade.

Em termos de preços, o EcoSport teve reduções de até R$ 3.080, na versão 4WD, que caiu de R$ 64,96 mil para R$ 61,88 mil, mas as reduções afetaram todas as versões do carro. O XL, versão mais barata do carro, custa R$ 49,9 mil de tabela. O XLS, R$ 54,8 mil. Mas não são essas as meninas dos olhos da marca.

Seguindo o que sempre dizemos, que carro bom de revenda oferece uma versão bem equipada, o EcoSport conta com a Freestyle, que responde por mais de 60% das vendas de toda a linha. De série com computador de bordo, controle do rádio na coluna de direção, volante em couro, rodas de liga-leve de aro 15”, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e retrovisores elétricos, rádio My Connection, com Bluetooth, ele custa, na versão com motor 1,6-litro, ainda Zetec Rocam, R$ 57,19 mil, R$ 1.490 a menos do que o modelo 2010. Na versão com motor 2-litros, flex, ele custa R$ 59,48 mil, ou R$ 2.480 a menos que no modelo anterior.

As versões XLT, pouca coisa mais sofisticadas, custam, com motor 1,6-litro, R$ 58,19 mil traz a mais airbags duplos e R$ 60,19 mil com ABS e bancos de couro. Com motor 2-litros e câmbio automático, a versão XLT sai a R$ 60,91 mil, ou R$ 3.060 a menos do que o XLT 2010, que custava R$ 63,97 mil.

No final das contas, o carro passou por ajustes para aproximar o valor de tabela aos valores reais de vendas, mas a redução de preços é sempre digna de exaltação. Dentro em pouco, andaremos no carro para ver se ele também trouxe melhorias de qualidade e de dinâmica, como a Ford promete. A conferir.

Gustavo Henrique Ruffo viajou a Maceió a convite da Ford.


_________________

Twitter
_________________

Gosta de utilitários esportivos pequenos?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Ford EcoSport

Chevrolet Tracker

Mitsubishi TR4

Kia Sportage

Suzuki Grand Vitara

Hyundai Tucson

Leia também:

Peugeot lança 408 na China. Aqui, ele será o 308 Sedan

Peugeot revela seu novo emblema. E o SR1

VW NCC antecipa a nova geração do Jetta

Terceira geração do Ford Focus nasce no Salão de Detroit

Tata cria a Kombi do Nano, a Magic Iris

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors