Ford EcoSport fica mais caro em todas as versões

Aumento médio foi na casa dos R$ 3 mil e fez o SUV compacto chegar aos R$ 107.790 na versão topo de linha

  1. Home
  2. Bolso
  3. Ford EcoSport fica mais caro em todas as versões
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Depois do Ford Ka, o EcoSport é o segundo modelo da marca a ficar mais caro em 2020. Os aumentos foram de até R$ 3.850. Vale lembrar que em 2019 a marca mexeu diversas vezes na tabela do SUV, chegando a baixar o valor das versões em mais de R$ 9 mil. Agora os preços partem de R$ 74.950 e chegam a R$ 107.790.

As versões com maiores aumentos foram justamente as mais caras. A configuração Storm, única com motor 2.0 e tração 4x4, subiu R$ 3.800 perante a tabela anterior, que era de R$ 103.990. A versão Titanium 1.5 AT foi a que sofreu o maior reajuste, saindo de R$ 92.990 para R$ 96.840.

Abaixo delas, todos os aumentos foram um pouco inferiores a R$ 3 mil. As versões FreeStyle manual e automática subiram R$ 2.950 e agora custam R$ 80.940 e R$ 86.940, respectivamente. O mesmo reajuste foi feito na versão de entrada, SE 1.5 manual, que agora custa R$ 74.490. A versão SE automática subiu R$ 2.850 e agora sai por R$ 80.840.

Não há mudanças nos equipamentos e nem motores, que continuam sendo o 2.0 16V aspirado com injeção direta, que rende 176 cv de potência e 22,5 kgf.m de torque, exclusivo da versão Storm. E o Dragon 1.5 de três cilindros que entrega 137 cv e 16,2 kgf.m.

Confira os novos preços do Ford EcoSport

SE 1.5
R$ 74.940
SE 1.5 AT
R$ 80.840
Freestyle 1.5
R$ 80.940
Freestyle 1.5 AT
R$ 84.990
Freestyle 1.5 AT
R$ 86.940
Titanium 1.5 AT
R$ 96.840
Storm 2.0 4WD AT
R$ 107.790
Comentários