GM vai dobrar número de profissionais em engenharia

Efetivo saltará de 660 engenheiros/designers para 1.200 até 2009
  1. Home
  2. Bolso
  3. GM vai dobrar número de profissionais em engenharia
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A General Motors do Brasil inicia a partir deste mês a contratação de 50 profissionais, entre engenheiros e designers, que integrarão o Centro de Desenvolvimento de Engenharia em São Caetano do Sul, SP, que engloba a América Latina, África e Oriente Médio LAAM.

De acordo com a GM, esse será o primeiro passo de um processo de ampliação desse Centro, que até 2009 contará com um total de 1.200 profissionais envolvidos diretamente em projetos de criação e desenvolvimento de veículos. O Brasil é um dos cinco centros de engenharia da GM no mundo - os outros ficam nos EUA, Europa, Austrália e Coréia do Sul - , “O Centro de Engenharia no Brasil está entre os mais competitivos, principalmente na qualidade dos profissionais", afirma o vice-presidente de Engenharia da LAAM, Pedro Manuchakian.

A demanda por profissionais qualificados na GM surge da opção da matriz pelo Brasil para o desenvolvimento de vários programas globais de engenharia de produtos que não necessariamente serão produzidos aqui, como é o caso do jipe Hummer H3, que foi, em grande parte, desenvolvido no País, mas que será produzido na África do Sul. Do total de recursos da engenharia brasileira, atualmente 40% são utilizados no desenvolvimento e prestação de serviços para outras fábricas da GM no mundo.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors