Golfarb credita recorde a estabilidade econômica

  1. Home
  2. Bolso
  3. Golfarb credita recorde a estabilidade econômica
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O presidente da Anfavea - Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores -, Rogelio Golfarb, prevê que este ano será como em 2006, com quebras de recordes de vendas. Sua estimativa de crescimento de 7,7% não é tão conservadora como a das montadoras, mas ele não descarta a possibilidade do mercado crescer mais do que isso, como aconteceu no ano passado.

Ele credita o bom resultado de vendas do mês passado foi o melhor janeiro da história à redução de juros, crescimento da economia e estabilidade, situação que incentiva o financiamento.

Leia a entrevista abaixo:

AutoInforme - A que se deve esse aumento inesperado nas vendas de janeiro?

Rogelio Golfarb -
Janeiro realmente continua no ritmo de dezembro, que foi recorde histórico. É resultado, sem dúvida nenhuma, desse processo de redução de juros e do crescimento da economia com uma certa estabilidade, que dá ao comprador motivação para financiar um veículo.

Os juros caindo, acompanhados por uma estabilidade no emprego, dão a matéria-prima para a compra do automóvel. Não é só janeiro que está indo bem, mas temos a perspectiva de que este ano ainda vai ser muito forte na venda de carros.

AutoInforme - A Anfavea traça crescimento de 7,7% para este ano. Mas alguns dirigentes trabalham com uma perspectiva bem menor, entre 4 e 5%. Por que isso? A Anfavea está mais otimista do que as montadoras?

Golfarb -
Obviamente isso é uma interpretação minha, mas os dirigentes de empresas tendem a ser um pouco mais conservadores, até porque esses números definem compras, gastos e estoque, que significam custos. Portanto, eles preferem ser mais graduais ao longo do ano e observar o que está acontecendo.

Apesar de estarmos vivendo em uma época de maior estabilidade e crescimento sustentável, nós ainda somos um país que tem uma certa volatilidade e variação de volumes. E os dirigentes preferem ir com calma. Mas, de uma maneira geral, a Anfavea representa a perspectiva desses empresários, e nós estamos vendo que essa queda constante da taxa de juros, essa estabilidade econômica e a inflação sobre controle estão promovendo um crescimento, que, sem dúvida, vai continuar.

AutoInforme - Se essa situação econômica se perpetuar ou se melhorar, é possível que o mercado cresça além dos 7,7% que a Anfavea está prevendo?

Golfarb -
Nossas análises, inclusive as macroeconômicas, levam a 7,7%, mas nós sempre gostamos de errar quando o mercado surpreende e é melhor ainda do que estimamos. Mas, no momento, a perspectiva é essa, de um crescimento bastante significativo e que, não só pelo número, mas por conta de nosso histórico desde 2003, dá uma certa tranqüilidade e otimismo para o setor automobilístico.

Leia também:

Alta do álcool faz Inflação do Carro subir 1,15%

Os mais vendidos

Vazamentos de óleo são defeito mais frequente da frota em SP

Guia de compra - Chevrolet Tigra

Crescimento do mercado pode ser de 12%
________________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!
________________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors