Governo decide prorrogar aumento do IPI

Decisão tem como objetivo impedir a maior queda nas vendas em 2014
  1. Home
  2. Bolso
  3. Governo decide prorrogar aumento do IPI
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou as expectativas e prorrogou para dezembro o aumento da alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), que deveria ocorrer a partir desta terça-feira. O anúncio foi feito na segunda-feira.

A medida é a maneira mais rápida e instantânea de estancar a forte queda nas vendas registrada nos cinco primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2013 – 5,5% de acordo com a Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Durante lançamento do novo Sandero, em Florianópolis, o vice-presidente da Renault do Brasil, Gustavo Schmidt, comentou a medida. Segundo ele, trata-se de uma decisão acertada, que ajudará a retrair a tendência de retração mais acentuada. Otimista, também disse que “não se trata de uma crise”, mas de um “ajuste” natural da economia.

Antes do anúncio de Mantega, os carros com motor 1.0 deveriam ter a alíquota ampliada de 3% para 7% a partir de 1º de julho (terça-feira). Já os com propulsores bicombustíveis (flex) até 2,0 litros, que passariam para 11%, permanecem taxados em 9%. Por fim, os blocos somente a gasolina saltariam de 8% para 13%.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors