Guia de compra - Chevrolet Calibra

Leia aqui as melhores dicas para comprar um bom exemplar deste belo esportivo!
  1. Home
  2. Bolso
  3. Guia de compra - Chevrolet Calibra
Alexandre Ramos
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Derivado do Vectra “antigo”, que no Brasil foi fabricado entre os anos-modelo 1994 e 1996, o Opel Calibra foi importado pela GM do Brasil entre os anos de 1995 e 1996 sob a marca Chevrolet. Entretanto, existem unidades modelo 1994 no mercado, tendo em vista que, quando a comercialização foi iniciada, essas unidades já estavam a caminho. Trata-se de um cupê equipado com motor quatro-cilindros de 2 litros, 16V, potência de 150 cv, câmbio manual de cinco marchas e tração dianteira, como no Vectra GSi. Na Europa havia versões com tração integral e motor turbo, mas isso já é uma outra história...

No Brasil havia apenas uma versão, e todos os Calibra contavam com freios a disco nas quatro rodas, sistema antitravamento ABS, teto solar com acionamento elétrico, rodas de liga leve de aro 15 pol, trio elétrico, ar-condicionado, direção hidráulica, limpador traseiro, alarme etc. Mas os bancos de couro, detalhe presente em muitos Calibra usados, não eram oferecidos nem como opcional.

Para quem quer comprar um carro como esse, a primeira dificuldade surge na hora de encontrar uma unidade à venda, sem mesmo levar em conta o estado de conservação. É que a quantidade de Calibra importados é pequena, cerca de 1.600, o que torna a tarefa de achar um modelo em bom estado disponível ainda mais difícil.

Outro problema sério está na obtenção das peças para o Calibra. Se a idéia é partir para a rede autorizada, mesmo considerando que tradicionalmente apresentam preços mais altos, prepare-se: na maior parte das concessionárias autorizadas que foram consultadas para esta reportagem, não havia mais peças de Calibra em estoque. E, quando havia pelo menos o registro dos preços das peças remanescentes no sistema – o que não significa que estejam disponíveis – o valor assustava. Com isso, o preço do seguro também sobe e é bom consultá-lo antes de finalizar a compra.

Uma vez encontrado o carro desejado, é hora de fazer uma vistoria cuidadosa, que começa no acabamento. Embora compartilhe a mecânica com os Vectra antigos, quase a totalidade dos componentes de acabamento do Calibra é exclusiva dele. No painel, os cuidados são os mesmos requeridos por qualquer outro carro: as luzes-espia do ABS e da injeção devem permanecer apagadas em funcionamento normal. Qualquer coisa diferente disso é sinal de problemas.

Mecanicamente o Calibra sofre das mesmas poucas fraquezas de seus irmãos, como problemas de engate das marchas em carros com quilometragem muito elevada, devido ao desgaste encontrado no trambulador; vazamentos de óleo, principalmente pela junta do cárter; e ruídos causados por buchas de suspensão danificadas, cortesia do “excelente” piso encontrado em algumas regiões do país.

Para diferenciar os modelos à venda no Brasil, é fácil: entre os anos de 1994 e 1995 o carro recebeu algumas modificações, como por exemplo, no desenho das rodas, grade dianteira, fundo dos mostradores do painel de instrumentos que passaram a ser de cor branca, forrações internas, cor do interior cinza grafite nos modelos 1994 e branco nos modelos 1995, tampa do porta-malas sem logo da GM em 1994 e com logo em 1995 etc.

Comprando um Calibra usado

O maior problema do Calibra não está no veículo em si, mas na dificuldade de encontrar peças para esse carro, o que acaba se refletindo também no valor do seguro. É o caso, por exemplo, de faróis, lanternas e peças de acabamento. Entretanto, mecanicamente ele é semelhante ao Vectra antigo, fabricado até 1996, e não oferece grandes dificuldades na hora de fazer a manutenção normal.

Um item a ser verificado é o estado das saias laterais e do defletor frontal. Por causa da altura do veículo em relação ao solo, em muitos casos esses componentes acabam sendo danificados, exigindo uma verificação com relação não somente às condições das mesmas, mas também com relação à fixação dessas peças.

A vedação dos vidros nas portas é outro ponto importante. Quando as borrachas de porta já estão meio desgastadas, a água entra sem cerimônia. O problema, além do custo dessas guarnições cerca de R$ 300, que ficam em contato direto com os vidros das portas, é onde encontra-las. Se possível, leve o veículo a um lava-rápido antes de fechar o negócio, para evitar surpresas.

Veja se o motor elétrico do teto-solar traciona sem problemas, se não há ruídos e se o teto pára na posição correta tanto na abertura como no fechamento. O excesso de vibrações, por causa do piso, pode causar problemas no sistema.

No caso do computador de bordo, semelhante ao encontrado no Omega e no Vectra antigos, geralmente são encontrados problemas na tela de cristal líquido, que tende a ficar manchada e sem algumas das funções. Se os sensores que fazem o computador funcionar são afetados como, por exemplo, o sensor de temperatura externa, que fica na parte dianteira do carro, num local vulnerável, são fornecidas informações erradas ao motorista.

Não é incomum encontrar folgas nas juntas da árvore de direção dos modelos de passeio da Chevrolet comercializados no Brasil, nacionais ou não, quando o veículo apresenta a regulagem de altura da mesma, como é o caso do Calibra. O sintoma é que, ao passar em buracos, a direção não transmite precisão e a impressão é que há folga nos terminais. Não é um defeito difícil de arrumar, mas que incomoda, isso não há dúvida. Boa sorte!

Gosta do Calibra?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta deste esportivo para você:

Chevrolet Calibra

Veja nossa lista completa de guias de compra:

Audi A4
Citroën Xsara Picasso
Chevrolet Omega
Chevrolet Zafira
Chevrolet Celta
Chevrolet Astra - 1995-2006
Chevrolet Vectra II - 1996-2005
Chevrolet Corsa 1994-2005
Fiat Stilo
Fiat Palio 2001-2004
Fiat Palio 1996-2000
Fiat Brava
Fiat Uno Mille
Fiat Palio Weekend
Ford Ka
Ford Focus
Ford Fiesta - 1995-2002
Ford EcoSport
Honda Civic - 1997-2005
Kia Sportage
Land Rover Defender
Mitsubishi Eclipse 2G
Peugeot 206
Peugeot 307
Renault Scénic
Toyota Corolla - 1998-2002
VW Polo Classic
VW Polo
VW Golf
VW Parati
VW Gol Geração III
VW Gol Geração II
VW Gol BX - Geração I_______________________________
Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!

_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors