Insufilm

protege do sol e garante privacidade...
  1. Home
  2. Bolso
  3. Insufilm
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon














Se você é daqueles que fazem qualquer coisa
para se manter a salvo de olhares curiosos, já tem
uma opção mais prática do que se mudar
para uma ilha deserta. O Insufilm foi liberado pelo Conselho
Nacional de Trânsito (Contran) em novembro do ano passado,
e já pode ser aplicado nos carros brasileiros.


A película
automotiva é, também, uma alternativa mais barata
do que o ar-condicionado como proteção ao calor,
mantendo uma temperatura agradável no interior do carro.
A película de proteção solar é
um laminado de poliéster transparente ou colorido e
pode ser colocada em qualquer tipo de vidro com superfície
lisa. Além de reduzir 79% o calor no interior do carro,
a película impede a entrada de raios U.V. em até
99%, retardando a queima de peças plásticas
e tecidos, como painel e bancos. Em um acidente, a película
oferece ainda uma vantagem a mais: evita que o vidro estilhace.












Como escolher

seu filme






Antes da liberação do Código eram poucas
as lojas credenciadas que colocavam a película de proteção
nos vidros dos carros. Hoje, teme-se que a oferta indiscriminada
do serviço possa trazer prejuízos para o setor
e o consumidor. É preciso que o cliente seja esclarecido
a respeito do que é permitido por lei, pois caso contrário,
ele pode vir a ser autuado por usar um produto proibido.









 

O que diz a regulamentação
do Contran



É permitido o uso de películas, que no conjunto
com o vidro resultem em 50% de transmissão luminosa
(claridade) no vidro traseiro e nas laterais traseiras do
carro, de 70% nos vidros laterais dianteiros (motorista e
passageiro), e de 75% no pára-brisa.









(Ver
artigo na íntegra)



A lei também estabelece que a marca do instalador
e o índice de transmissão luminosa devem ser
gravados por meio de chancela, nas películas aplicadas.
A chancela é um equipamento que imprime, em forma de
relevo, no filme, os dados. Em muitos casos, as oficinas colam
selos ou carimbam sem chancela os revestimentos, o que é
proibido. E a resolução do Contran é
clara: as informações sobre o índice
de transparência devem ser impressas por chancela.













Como esses dois tipos de filme são muitos parecidos,
não dá para diferenciá-los apenas pela
cor. A forma mais eficaz de descobrir se o filme é
profissional ou não, é através do tato.
Basta dobrar um pedaço de filme e friccionar ambos
os lados entre os dedos. No filme econômico, os dois
lados deslizam, porque não há camada com anti-risco
que evite o deslizamento. Já no filme profissional,
um dos lados desliza, mas o outro não. Isto ocorre
porque a camada anti-risco não permite atrito.


Você também pode escolher a cor de fundo de
sua película: cinza, grafite, fumê, bronze, azul,
verde e transparente. Essas cores de fundo são vistas
contra a luz. As cores refletivas, ou seja, com efeito espelho,
não são permitidas por lei.











Garantias







As oficinas oferecem garantias contra descoloração
e descolamento, variando o período de acordo com a
qualidade da película. Em geral a garantia para a linha
econômica é de 5 anos e para a linha profissional
8 anos










Como conservar

seu filme


 







Onde
você pode fazer instalação


(procurar na seção
Som e Alarmes)








Nas primeiras 72 horas, enquanto a película seca, os
vidros devem permanecer fechados e não podem ser tocados.

A primeira limpeza dos vidros deve ser feita sete dias após
a instalação, usando somente um pano macio ou
flanela. A partir da segunda limpeza, o produto ideal é
o álcool caseiro ou detergente neutro. Não devem
ser utilizados produtos especiais para limpar vidros, escovas,
esponjas ou papel. O vidro deve ser limpo sempre de cima para
baixo.






Texto e fotos:

       Angela Giglio 









Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors