Japonesa Teijin mostra conceito feito de fibra de carbono

Fabricante mostra que é capaz de viabilizar a produção da fibra de carbono na produção de automóveis
  1. Home
  2. Bolso
  3. Japonesa Teijin mostra conceito feito de fibra de carbono
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A fabricante japonês Teijin mostrou como é possível capacitar a produção em grande escala de automóveis feitos totalmente com a fibra de carbono. Vale uma breve homenagem ao nosso engenheiro Amaral Gurgel - Como entender a história de Amaral Gurgel de várias maneiras.

Para mostrar o poderio de fogo: a empresa nipônica mostrou o resultado final para um grupo fechado de potenciais compradores da tecnologia e disseminou a ideia por meio da sua home-page.

Carro conceito de fibra de carbono

Todos sabem que os engenheiros estão trabalhando cada vez mais na usabilidade do plástico reforçado na indústria automotiva. O plástico tão forte quanto uma pedra tem nome. Trata-se do CFRP Carbon Fiber Reinforced Plastic. No português bem claro, plástico reforçado com fibras de carbono. O grande empecilho em botar o plástico no lugar do aço fica no peso e na rigidez do produto.

Uma das saídas é a fibra de carbono, material utilizado com freqüência na produção de bolhas de autos que competem na Stockcar, por exemplo. Acontece que os bólidos das pistas precisam se apoiar em um chassi.

A proposta da Teijin é totalmente diferente dos carros das pistas ou mesmo dos famosos Gurgel de Amaral. De acordo com a nota oficial, para fabricar a carroceria de um carro em menos de um minuto, a empresa usou materiais intermediários feitos de resina termoplástica, em lugar da resina termocurada utilizada na moldagem. Os materiais intermediários oferecem flexibilidade ao processo e permitem o uso seletivo das fibras de carbono, dependendo das características de cada peça.

- O 1º material oferece alta resistência unidirecional - os engenheiros escolhem em que direção a peça deve ser mais forte.

- O 2º, chamado isotrópico, oferece equilíbrio entre flexibilidade no desenho da peça e resistência multidirecional.

- O 3º é o chamado pellet, pequenas esferas feitas de fibras de carbono, adequadas para a construção de peças de formato muito complexo ou para uso em moldagem por injeção.

A solda de fibra-metal

Como construir um monobloco com fibra? É fácil, para criar uma linha de produção a Teijin usou os três materiais intermediários, tirando proveito das vantagens de cada um para cada parte da carroceria. O automóvel monobloco criado foi elaborado sob o desenho de carro-conceito elétrico. Para se ter ideia a carroceria de fibra de carbono pesa só 47 kg, algo em torno de um quinto do peso normal. Equipado com um motor elétrico, o conceito da Teijin tem uma autonomia de 100 km/h e tem a capacidade de chegar a velocidade máxima de 60 km/h.

Gosta de minivas?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Chevrolet Zafira

Renault Scénic

Peugeot 806

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors