JJAD P1-E, elétrico, irá de 0 a 96 km/h em 2,9s

Ainda sem nome definido, projeto preza pelo baixo peso e pelo cuidado ambiental
  1. Home
  2. Bolso
  3. JJAD P1-E, elétrico, irá de 0 a 96 km/h em 2,9s
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Há quase um ano, mais exatamente em 25 de fevereiro de 2008, falamos pela primeira vez da JJAD, uma empresa britânica com raízes nobres. Seu criador e principal projetista, Jim Dowle, já esteve envolvido no desenvolvimento de modelos da magnitude de um Mercede-Benz SLR, Caparo T1 e o carro que é considerado uma das obras-primas da engenharia automotiva, o McLaren F1. Não bastasse ter essas credenciais, Dowle também é do ramo: foi piloto de testes da McLaren Cars e tem a carteira internacional para pilotos de rali. Na época, ele anunciava o início do Project 001. O nome do carro acabou sendo abreviado para P1. Agora, chegou a hora de pensar verde, ainda que isso não signifique perder a graça. É dessa concepção que nascerá o projeto P1-E, um carro tão esportivo quanto o P1, mas elétrico.

As premissas do primeiro modelo apresentado pela JJAD eram 35 mil libras esterlinas cerca de R$ 113 mil, 200 cv, 870 kg, 4,4 kg/cv, 3,89 m de comprimento, 1,77 m de largura com bitolas de 1,50 m na frente e 1,55 m atrás, 1,16 m de altura e entreeixos de meros 2,40 m. A tração seria traseira, mas o motor ainda não havia sido definido. No caso do P1-E, elas são um pouco diferentes: 0 a 96 km/h em 2,9 s, autonomia de 370 km, com baterias de íons de lítio, 1.055 kg de peso pouco, para um modelo elétrico e preço, no Reino Unido, de cerca de 55 mil libras esterlinas R$ 177 mil.

Ao contrário do P1, o P1-E nome de desenvolvimento do carro terá tração nas quatro rodas, um benefício não só em relação ao comportamento dinâmico, mas também em termos de eficiência, uma vez que, com motores atendendo aos dois eixos, ambos podem ter frenagem regenerativa de energia.

As baterias, estrategicamente posicionadas, ajudam o carro a ter um centro de gravidade baixo. Tudo, em suma, conspira para que o P1-E agrade principalmente àqueles que gostam de dirigir.

A exemplo do que aconteceu com o Loremo, o P1-E deve chegar ao mercado antes do modelo com motor a combustão. A empresa imagina que, ainda em 2009, um protótipo do carro já esteja pronto para rodar.

Os planos para o P1-E, de todo modo, devem ser semelhantes aos que Dowle tem para o modelo comum. “O carro será fabricado sob a marca JJAD e terá cerca de 400 unidades fabricadas por ano quando for lançado, em meados de 2011”, disse Dowle, no ano passado, ao WebMotors.

Apesar de cuidar da parte de acertos, Dowle preferiu passar o estilo do carro, que você vê nas imagens desta reportagem, ao talentoso designer mexicano Alejandro Loya Iturralde, que já modificou alguns detalhes do projeto, como se pode ver pelos faróis. As portas asa-de-gaivota, um charme especial do carro, foram mantidas. Assim como sua performance extraordinária. Mesmo na versão elétrica.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de superesportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Aston Martin

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

SSC mostra o Ultimate Aero EV, o elétrico mais rápido do mundo

Loremo GT abandona motor a diesel em favor de um a gasolina

EDAG Light Car - Open Source aproxima carros de computadores

Fisker mostra em Detroit seu cupê cabriolet elétrico, o Karma S

Protoscar apresentará em Genebra seu conversível elétrico, o Lampo

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors