Mercado: Em dez anos, carro blindado vira mico

Se um carro blindado já é, por si só, um produto com alta depreciação, quando ele passa dos dez anos o seu valor despenca
  1. Home
  2. Bolso
  3. Mercado: Em dez anos, carro blindado vira mico
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- É muito difícil estabelecer uma cotação média de preço de carro usado blindado, e quanto mais velho o modelo, maior a dificuldade de formação do preço. No caso do carro blindado com mais de dez anos, então, é impossível estabelecer uma cotação confiável.

O grande número de blindagens feitas no início dos anos 2000 resultou hoje numa frota que está disponível a preços vis, carros totalmente depreciados e sem nenhum padrão de preço, quer dizer: o mesmo modelo é oferecido a preços díspares, mesmo que estejam em estado de conservação semelhante.

Os pesquisadores da Molicar - empresa responsável pela cotação usada nos estudos da Agência AutoInforme - encontraram blindados do mesmo modelo e mesmo ano de fabricação, com uma variação de preço totalmente fora dos padrões. A impossibilidade de estabelecer uma média de preço fez com que a empresa deixasse de cotar os carros blindados com mais de dez anos.

Uma picape Cherokee ano 1998 blindada foi ofertada em São Paulo por R$ 25 mil, enquanto uma outra unidade do mesmo modelo e ano era vendida por R$ 7 mil na mesma cidade. É verdade que os diferentes níveis de blindagem contribuem para a variação de preço, mas num carro com mais de dez anos, caso da Cherokee em questão, a blindagem não é levada em conta na formação do preço. Muitas vezes, por falta de manutenção, a blindagem perde a eficiência e o interesse do comprador de um carro desse tipo é pelo veículo e não pelo equipamento.

Se um carro blindado já é, por si só, um produto com alta depreciação, quando ele passa dos dez anos o seu valor despenca, por várias razões. Em primeiro lugar porque o serviço de blindagem normalmente não está atualizado e nem revisado. Como as peças para blindagem são pesadas, especialmente a parte transparente, isso reduz a vida útil dos componentes, fazendo que o carro blindado tenha uma exigência maior na manutenção.

Outro problema é que a maioria dos consumidores de carro blindado procura o modelo zero quilômetro. O mercado de usados é aquecido, mas se limita a modelos mais novos, com dois, três, quatro anos de uso. Depois disso a depreciação é muito grande e um carro blindado com mais de dez anos vira um verdadeiro mico.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors