O motivo, segundo os responsáveis, são as difíceis desapropriações

Trecho oeste do Rodoanel deve atrasar
  1. Home
  2. Bolso
  3. O motivo, segundo os responsáveis, são as difíceis desapropriações
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Técnicos da Dersa admitem que as obras estão atrasadas e que o trecho oeste do Rodoanel, que deveria ser entregue em julho de 2001, só deverá ficar pronto no final do ano que vem.

O objetivo da obra — um anel rodoviário na periferia da cidade de São Paulo — é desafogar o trânsito nas marginais Tietê e Pinheiros. Com o final das obras, os motoristas não precisarão entrar na capital para mudarem de estradas, que serão interligadas pelo rodoanel.

Segundo o gestor das obras do anel viário, Raymundo d’Elia Júnior, o atraso para a entrega do projeto é conseqüência dos problemas gerados pelas desapropriações necessárias à execução dos trabalhos. Para desapropriar os moradores da região, a previsão é de investir R$ 200 milhões.

O presidente da Dersa, Sérgio Gonçalves Pereira, reage e garante que os técnicos trabalham em ritmo acelerado para recuperar o atraso que, segundo ele, será no máximo de dois meses. É esperar para ver.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors